Com Guto Ferreira e sem reformulação: Como o Inter se prepara para Série A

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Técnico Guto Ferreira permanece no Internacional na próxima temporada

    Técnico Guto Ferreira permanece no Internacional na próxima temporada

O Internacional está muito perto de voltar para Série A. Com mais nove jogos no calendário da Série B, o time vermelho calcula que com três vitórias já estará de volta à elite do futebol brasileiro. Por isso, trata de planejar o primeiro ano do regresso e tem situações bem definidas para o começo da temporada.

O técnico será Guto Ferreira. Como mostrou a reportagem do UOL Esporte, o treinador tem contrato preso por renovação automática e uma multa rescisória alta em caso de demissão. E o vice de futebol vermelho, Roberto Melo, acredita que mudar o comando seria uma contradição.

"Para nós que trabalhamos muito com a continuidade, a primeira opção é sempre a continuidade, seria muito contraditório se conseguindo o acesso, o técnico não tenha a oportunidade de comandar o time na Série A. Até pelo rendimento da equipe, pelo trabalho que vemos no dia a dia, pelo relacionamento e o respeito que tem do grupo, pelo conhecimento do mercado de jogadores... Seria contraditório, analisando tudo isso, desempenho e resultado, que ele (Guto) não fique conosco no ano que vem", declarou.

Com a comissão técnica mantida, a direção do Internacional parte para formação do elenco. Ciente de que há pontos a atacar, o Colorado não irá reformular o elenco, como fez neste ano. Mas buscar contratações pontuais para resolver algumas lacunas do grupo.

"É evidente que temos carências e precisamos de contratações. Trabalhamos nisso e qualificaremos o grupo. Mas entendo que não seja uma mudança muito grande. Temos uma boa base, um time formado com ótimas opções, como Nico e Camilo. Não são titulares, mas têm condições de brigar por isso. Precisamos qualificar e sabemos disso", afirmou.

Mas o Inter vai agir com cautela. Pode até fazer uma ou duas contratações mais 'pesadas', investir um pouco mais alto em jogadores que considere realmente qualificados. Mas só irá se mover se tiver certeza absoluta do retorno.

"Não podemos cometer qualquer irresponsabilidade com o orçamento do clube. Não podemos errar com grandes investimentos, jogadores de salários altos e contratos longos. É diferente de errar com jogadores com custo baixo, salário baixo, contrato menor. Neste tipo, sim. Mas com contratos longos, investimentos altos, não podemos errar e vamos trabalhar muito exatamente para não cometer nenhum erro", garantiu.

O Inter não esconde que monitora o mercado. A reportagem do UOL Esporte apurou que o primeiro setor a receber novos jogadores é a lateral direita. Além disso, um zagueiro e um volante também estão na mira. É possível ainda a contratação de mais um atacante para o lado de campo e a melhor observação dos atletas que estão emprestados a outros clubes.

De folga até quinta-feira, o Internacional começa a projetar o jogo contra o Boa Esporte, na próxima terça. A vitória sobre o Brasil de Pelotas manteve o time gaúcho em primeiro na Série B com seis pontos de vantagem sobre o segundo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos