França vence e confirma vaga na Copa. Holanda dá vexame e está fora

Do UOL, em São Paulo

  • CHRISTOPHE SIMON/AFP

    Griezmann, que abriu o placar contra Belarus, vai à Rússia

    Griezmann, que abriu o placar contra Belarus, vai à Rússia

A última rodada das Eliminatórias Europeias confirmou que só uma das duas potências que integraram o Grupo A vai à Copa do Mundo de 2018. Enquanto a França garantiu a vaga direta ao bater Belarus por 2 a 1, a Holanda ficou fora até da repescagem mesmo tendo vencido a Suécia por 2 a 0.

Com os resultados da tarde desta terça-feira, os franceses encerram o qualificatório na liderança da chave, com 23 pontos. Já suecos e holandeses somaram 19, mas o país escandinavo ficou com a segunda posição e consequentemente a vaga na repescagem por ter melhor saldo de gols (17 a 9).

No Stade de France, os donos da casa precisavam apenas derrotar a lanterna Belarus para assegurar o primeiro lugar sem depender do resultado da Suécia. Jogaram para o gasto e cumpriram a missão. Griezmann, aos 27 minutos, e Giroud, aos 33 do primeiro tempo, anotaram para a França, enquanto Saroka,também na etapa inicial, aos 44, descontou para os visitantes.

Se o clima em Paris era de tranquilidade, na Amsterdam Arena os torcedores da casa esperavam testemunhar um "milagre", uma vez que só uma vitória por sete gols de diferença levaria a Holanda para a repescagem.

EMMANUEL DUNAND/AFP

Coube a Robben, que declarou antes do jogo que sua seleção já estava eliminada, a responsabilidade de comandar a busca pela goleada. O experiente atacante foi o melhor em campo e marcou duas vezes no primeiro tempo – aos 16 minutos, num pênalti com cavadinha que quase o goleiro defendeu, e aos 40, em belo chute no ângulo. Na etapa final, porém, a Suécia se fechou e segurou o placar que eliminou os anfitriões.

Algoz do Brasil nas Copas de 1986, 1998 (quando conquistou seu único título) e 2006, a França agora aguarda a definição de outros classificados para saber se será cabeça de chave na Rússia – o ranking da Fifa de meados de outubro definirá os países que encabeçam os grupos.

Já a Suécia, vice-campeã mundial em 1958 e terceira colocada em 1994, conhecerá seu rival na repescagem na próxima terça-feira, em sorteio que será realizado na sede da Uefa na Suíça. À Holanda, três vezes vice-campeã da Copa (1974, 1978 e 2010), restou assistir ao evento pela televisão. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos