Oposição suspeita de "mensalão" no Vasco e investiga 1.200 sócios

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Marcelo Sadio/Vasco.com.br

    Candidatos de oposição suspeitam da prática de "mensalão" por parte de Eurico

    Candidatos de oposição suspeitam da prática de "mensalão" por parte de Eurico

Faltando menos de um mês para a eleição no Vasco, a oposição fiscaliza a transparência do pleito. Correligionários da chapa "Mudança com Segurança", encabeçada pelo candidato Fernando Horta, investigam a entrada de cerca de 1.200 sócios entre novembro e dezembro do ano passado. Na Justiça, eles tentam forçar a atual diretoria a justificar o pagamento destas pessoas ao longo dos meses com a comprovação dos boletos. Eles também querem ter acesso ao quadro social mensal por categoria desde a posse de Eurico Miranda, no fim de 2014.

Em primeira instância, porém, eles tiveram o pedido negado. O indeferimento foi dado na semana passada e o juiz do caso, Jorge Jansen Counago Novelle, considerou que as situações podem ser resolvidas internamente, sem a necessidade de judicialização. A autoridade também classificou o Conselho Fiscal do clube como "inerte" durante o período. Curiosamente, o presidente do órgão é Otto Carvalho, aliado de Fernando Horta e um dos responsáveis diretos pela ação.

Divulgação
Decisão do juiz Jorge Jansen Counago Novelle indeferiu pedido da oposição

Apesar da derrota inicial, os opositores não desistiram. Ao UOL Esporte, Otto Carvalho confirmou que o grupo irá recorrer da decisão e informou que novas movimentações poderão ocorrer após estarem sob posse da lista de sócios aptos a voto. O aguardado documento foi divulgado nesta segunda-feira (9) pelo Vasco e as chapas de oposição têm analisado minuciosamente. 

Até o momento, cinco candidatos lançaram suas chapas postulando a presidência do Vasco: Eurico Miranda, que tenta sua reeleição; Alexandre Campello, da "Frente Vasco Livre"; Fernando Horta, da "Mudança com Segurança"; Julio Brant, da "Sempre Vasco"; e, mais recentemente, Antônio Miguel Fernandes, da "Novos Rumos".

Há uma grande expectativa de que Campello e Brant se unam e formem uma chapa única. Os candidatos já se reuniram neste sentido e a ideia é a de que novos encontros nas próximas semanas formalizem a união. Horta lançou oficialmente sua candidatura no último sábado e reuniu cerca de 500 pessoas no clube português Arouca, na Barra da Tijuca (RJ).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos