Reinaldo saiu pela porta dos fundos. Hoje interessa a SP e Corinthians

Diego Salgado e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

  • Edison Vara/Reuters

    Reinaldo comemora bom momento na Chapecoense: "A estrutura do clube é boa"

    Reinaldo comemora bom momento na Chapecoense: "A estrutura do clube é boa"

Em fevereiro de 2016, Reinaldo saiu do São Paulo pela porta dos fundos. Apesar de ser bem avaliado pela diretoria, o lateral esquerdo era alvo de críticas de torcedores e ficou fora dos planos do então técnico Edgardo Bauza. Depois de passar pela Ponte Preta e de se tornar um dos principais nomes da Chapecoense, a situação mudou. Em alta, o ala virou até alvo de disputa entre o Tricolor e o Corinthians no mercado da bola.

"É sempre bom [esse reconhecimento]. Sempre fiz no meu trabalho o melhor possível. Não sou de pensar no que vai acontecer no próximo ano. Estou focado na Chapecoense, em livrá-la do rebaixamento", disse o lateral, em entrevista ao UOL Esporte

O São Paulo está concentrado também em sua permanência na Série A do Brasileiro. Por isso, o treinador Dorival Júnior e a diretoria ainda não tiveram condições de fazer uma análise profunda do elenco. Porém, é latente a necessidade de se reforçar as laterais. No caso da esquerda, Júnior Tavares alternou bons e maus momentos nesta temporada e Edimar, emprestado pelo Cruzeiro só até o fim do ano, dificilmente permanecerá no Morumbi. 

Reinaldo tem vínculo com o São Paulo até dezembro 2018 e continua em alta conta com o departamento de futebol tricolor. Já o Corinthians, por outro lado, precisa de um lateral esquerdo para disputar posição com Guilherme Arana e o técnico Fábio Carille já declarou publicamente que Reinaldo "o agrada bastante".

Neste ano, o Corinthians teve de conviver com problemas na lateral esquerda nos últimos jogos da temporada. Arana, um dos destaques do time, sofreu uma lesão muscular contra o Vitória e desfalcou o líder por três jogos do Brasileirão. Sem o camisa 13, o Corinthians perdeu a estabilidade pelo setor ao ver Moisés como substituto. Contra o Santos, Marciel, que é volante de origem, acabou escalado por Carille no setor. De volta, Arana apresentou queda de rendimento diante do Cruzeiro, na última rodada.

De quebra, Arana ainda corre o risco de deixar o Corinthians no começo da temporada 2018. Mantido no elenco após a diretoria recusar duas propostas da Europa, o jogador, de 20 anos, deve voltar à mira dos clubes do velho continente.

Por isso, o Reinaldo poderia ser envolvido na negociação do goleiro Walter, que interessa o São Paulo. No caso, o Tricolor conta em 2017 com Sidão, Denis e Renan Ribeiro, sendo que destes apenas o primeiro está garantido até o fim da próxima temporada. Denis tem vínculo só até dezembro deste ano e não vai renovar. Já Renan Ribeiro tem acordo até o fim do estadual de 2018 e as negociações para a ampliação do contrato não andaram. Walter tem contrato com o alvinegro até o fim de 2019.

"Não quero falar sobre isso, porque esse negócio nem é comigo, é com os meus empresários", desconversou Reinaldo, que não recebeu contato da diretoria tricolor para discutir uma possível transação. "O São Paulo não continua falando comigo porque respeita a Chapecoense. E eu deixo tudo na mão do meu empresário, não quero me envolver", completou o ala.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos