Técnico argentino do Equador é suspenso e não enfrentará a Argentina

Do UOL, em São Paulo

  • Juan Ruiz/AFP

A Argentina precisa vencer nesta terça (10) para garantir, pelo menos, o direito de disputar a repescagem da Copa do Mundo. E ganhou um presente duas horas antes do confronto: a suspensão do técnico Jorge Célico, do Equador, que não tem mais chances de ir à Rússia.

A suspensão partiu da Fifa, mas foi a Conmebol que comunicou à seleção equatoriana que o treinador, que é argentino, não poderá comandar a equipe no Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, contra o time de Messi, Sampaoli e companhia.

Célico foi punido pela atitude na derrota do Equador para o Chile, na última quinta (5), quando discutiu com Arturo Vidal. O árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci descreveu a ocorrência na súmula e complicou a vida do técnico – o jogador chileno não será punido além do amarelo que recebeu e da suspensão automática.

Equador e Argentina se enfrentam às 20h30 (de Brasília). O time de Sampaoli precisa vencer para disputar a repescagem contra a Nova Zelândia, campeã da Oceania. Em caso de derrota, teria que esperar uma improvável combinação de resultados.

Se quiser uma vaga direta, precisa vencer e torcer por um dos seguintes cenários: derrota ou empate do Chile diante do Brasil, empate entre Peru e Colômbia, ou vitória do Peru sobre a Colômbia por uma diferença de gols menos que a da vitória argentina.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos