Jornal: torcedor foi detido ao invadir campo com faca; federação nega

Do UOL, com informações da Efe

  • Ariel Schalit/AP

Os jornais "Ynet" e "Times of Israel" noticiaram nesta terça-feira que um torcedor que invadiu o campo após o jogo entre Israel e Espanha, em Jerusalém, foi detido pela polícia ao se aproximar do atacante Isco Alarcón com uma faca. Porém, a federação israelense negam o incidente.

Ao todo, seis torcedores entraram no gramado após a vitória espanhola por 1 a 0 pela última rodada das Eliminatórias da Europa para a Copa do Mundo. De acordo com a versão do diário israelense, um deles portava uma faca.

"Ele se separou do grupo e correu para se aproximar de Isco. Quando ele se aproximou, a faca caiu de suas mãos e foi interceptada pela polícia antes de chegar a Isco", diz o "Times Digital" de Israel.

O porta-voz da polícia, Micky Rosenfeld, porém disse à "Efe" que os jogadores da equipe espanhola não ficaram em perigo em nenhum momento.

"Não houve incidentes de segurança. As medidas de segurança usuais foram realizadas na noite passada, durante e depois do jogo", disse.

Já o porta-voz da Federação de Futebol do país, Shlomi Barzel, disse que ninguém foi preso e nenhuma faca foi encontrada. "Não foi encontrado nenhuma faca e ninguém foi detido por portar uma faca", disse.

A Espanha já entrou em campo classificada para a Copa do Mundo. Israel, por outro lado, não conseguiu a classificação.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos