"Bebo igual aos meus amigos quando faço churrasco", diz Adriano Imperador

Do UOL, em São Paulo

  • Bernardo Gentile / UOL

Além de falar sobre um possível retorno ao futebol em 2018, Adriano comentou polêmicas de sua vida em entrevista na madrugada desta quinta (12) ao programa Conversa com Bial, da Rede Globo. O Imperador falou de problemas que teve com bebida e sua amizade com o traficante "Mica", para quem deu uma moto de presente em 2008.

Perguntado sobre sua relação com a bebida, Adriano admitiu problemas no passado, mas viu como um hábito normal. "Bebo igual aos meus amigos quando faço churrasco. Vou beber uma latinha de cerveja, meus amigos bebem uma latinha de cerveja? Isso não existe. Bebo igual a eles. Ninguém consegue beber (só) uma garrafinha de cerveja. Bebo uísque, não todo dia. Bebo quarta, quinta, sexta dou uma segurada, bebo sábado de novo, aí domingo dou uma descansada", relatou.

Adriano Imperador também explicou o episódio de uma moto dada por ele a um traficante, Paulo Roberto de Souza, o "Mica", em 2008. "Foi, é verdade. Ele é meu amigo. Não dei arma para ele, não dei droga, não comprei outras coisas. Eu comprei um presente para ele, porque foi nascido e criado comigo: 'Uma moto para você'. O que ele faz com a moto isso é problema dele", esclareceu.

Adriano também falou sobre o que lhe incomoda: "Às vezes fico magoado com a imprensa, jornalista de jornal". Mas diz entender ser alvo de câmeras: "Se estou em um local público onde está todo mundo, vai filmar, vai sair (na imprensa), eu não posso fazer nada. O meu problema hoje é de inventar uma coisa que não estou fazendo. Única coisa que fico triste, revoltado. A reação dos meus filhos, isso pra mim é que dói mais", explicou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos