Cruzeiro está disposto a oferecer aumento, mas Mano quer mais que dinheiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Gizi Cavalcante/Código 19/Estadão Conteúdo

    Mano Menezes conversará com diretoria sobre renovação contratual com o Cruzeiro

    Mano Menezes conversará com diretoria sobre renovação contratual com o Cruzeiro

Mano Menezes tem volta a Belo Horizonte prevista para esta sexta-feira (13). O Cruzeiro aguarda a chegada do técnico, que cuida de um problema de saúde em São Paulo, para dar início às negociações de sua renovação.

Wagner Pires de Sá, eleito sucessor de Gilvan de Pinho Tavares em 2 de outubro, informou o desejo de manutenção do treinador antes mesmo do pleito. Contudo, as conversas sobre o fato se iniciarão somente nesta semana, quase dez dias depois.

Itair Machado, novo homem forte do futebol na Toca da Raposa II, terá a incumbência de conversar com o técnico gaúcho.

O ex-presidente do Ipatinga está autorizado a oferecer um aumento salarial considerável ao técnico. O gaúcho recebe cerca de R$ 500 mil mensais na capital mineira. A cúpula cogita um reajuste de até 20% dos vencimentos do comandante. Caso o número seja atingido, ele pode receber R$ 600 mil por mês no clube.

O problema é que Mano Menezes quer muito mais que dinheiro. O técnico exigirá competitividade e manutenção de boa parte do elenco que faturou o pentacampeonato da Copa do Brasil.

A ideia é traçar metas ousadas. O maior sonho do treinador é faturar a Copa Libertadores da América, torneio do qual foi finalista em 2007, à frente do Grêmio.

Caso o projeto da nova cúpula do Cruzeiro agrade, Mano Menezes não hesitará em dizer sim à proposta.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos