Equador diz que Arboleda fugiu da concentração sem autorização e o suspende

Do UOL, em São Paulo

  • Marcello Zambrana/AGIF

Quando o Equador enfrentou a Argentina na última terça-feira (10), a seleção já não tinha mais chances de ir à Copa do Mundo; no entanto, alguns dias antes da partida, cinco jogadores fugiram da concentração. Entre eles, estava Arboleda, do São Paulo.

A informação foi confirmada pela Federação Equatoriana, que afirma que o zagueiro deixou o prédio conhecido como "Casa da Seleção", em Quito, à meia-noite do dia 7 de outubro e só retornou às 2h43 da madrugada. É importante destacar que os atletas tinham tido folga no dia anterior, 6, com horário limite de retorno marcado para as 22h.

Arboleda voltou no horário previsto, mas saiu novamente sem autorização às 00h. Os jogadores que o acompanhavam eram Enner Valencia (Tigres-MEX), Joao Plata (Real Salt Lake-EUA), Gabriel Cortez (Independiente del Valle-EQU) e Jhon Cifuente (Girona-ESP). Presidida por Carlos Villacís, a Federação Equatoriana anunciou a suspensão deles por tempo indeterminado.

"Os cinco jogadores que estão envolvidos nisso foram afastados de qualquer convocação à seleção nacional indefinidamente. É uma decisão muito dura, drástica e dolorosa pelos garotos, mas indubitavelmente era necessário tomá-la e fixar um precedente para o futuro, para os próximos convocados", declarou Villacís.

O volante Jefferson Orejuela, do Fluminense, não estava entre os que escaparam da concentração, mas foi o único a se apresentar depois das 22h. No entanto, a nota destaca que o atleta tricolor tinha a justificativa de ter ficado preso no engarrafamento.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos