Guardiola concorda com Tite e agradece ao Palmeiras por formação de Jesus

Caio Carrieri

Colaboração para o UOL, de Manchester (ING)

  • Eddie Keogh/Reuters

Josep Guardiola concordou com Tite sobre a gratidão que a seleção brasileira e o Manchester City têm de demonstrar ao Palmeiras pela formação de Gabriel Jesus como jogador. Após a vitória por 3 a 0 sobre o Chile, no Allianz Parque, na última terça-feira, com dois gols do atacante, o técnico do Brasil enfatizou a grande influência que o clube do Palestra Itália e os ex-treinadores do jogador tiveram no desenvolvimento do centroavante desde as categorias de base até a equipe profissional.

"Com certeza concordo (com o Tite)", disse Pep, em entrevista coletiva nesta sexta-feira no City Football Academy, centro de treinamento do clube. "Os ex-técnicos dos meus atletas os ensinaram muito sobre como evoluir. Por isso sempre priorizo o ponto forte dos meus jogadores. Não consigo mostrar tudo a eles, que aprenderam quando eram bem mais jovens a maioria do que sabem hoje. Por isso, também agradeço".

Tite externou o seu agradecimento quando foi perguntado sobre os jogadores que ele promoveu ao time titular do Brasil, casos de Coutinho e Gabriel Jesus, entre outros. "Ninguém tinha convocado o Gabriel antes porque ele ainda não tinha explodido", declarou após o último jogo das eliminatórias sul-americanas, da qual o Brasil terminou na liderança isolada. "O Palmeiras deu esse legado para a seleção e para o City também. O City também tem de agradecer ao Palmeiras e a todos os seus técnicos: Oswaldo, Marcelo, Cuca, porque fizeram esse jogador. Estou colhendo fruto deles três e estou agradecendo. O City também tem de agradecer à formação realizada pelo Palmeiras e pelos técnicos daqui".

O camisa 9 superou até Neymar como artilheiro da seleção nas eliminatórias, com sete gols contra seis da estrela do PSG. Cavani, do Uruguai, liderou o ranking com 10 bolas na rede.

No City, Gabriel Jesus também ostenta a titularidade de forma incontestável. Já deixou a sua marca 12 vezes em 20 apresentações. Além disso, não sabe o que é perder na Inglaterra e pelo Brasil em partidas oficiais. No geral, acumula quase um ano de invencibilidade. Neste sábado, defenderá esta marca expressiva e também a liderança da Premier League diante do Stoke City, no Estádio Etihad, às 11h de Brasília.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos