Oscar diz que recusou jogar na Espanha: "escolhi a China mais pela família"

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Instagram

Oscar poderia ter escolhido grandes clubes europeus, quando optou deixar o Chelsea rumo à China em janeiro de 2017. O jogador brasileiro do Shanghai SIPG contou que preferiu a estabilidade da família aos grandes times.

Em entrevista ao canal Copa 90 reproduzida pelo jornal britânico The Guardian, Oscar conta que tinha ofertas do Atlético de Madri, da Juventus, do Milan.

"Quando eu estava conversando com o Shanghai, eu também estava falando com grandes clubes europeus. Eu quase fui para o Atlético de Madri, gostei muito do que estavam me oferecendo. Também havia Juventus, Milan, Inter. Eu tinha algumas opções, mas escolhi o Shanghai. Depois de tudo eu ainda posso voltar para a Europa", disse Oscar, que ainda contou por que escolheu a China.

"Eu estava pensando mais na minha família do que na minha carreira. Eu tinha outras ofertas muito boas de grandes clubes, mas eu pensei mais na família e, depois disso, eu ainda sou jovem, posso voltar", comentou Oscar, que citou grandes jogadores na China.

"Os estrangeiros que vem para cá são ótimos. China tem grande potencial financeiro e eles fazem ofertas irrecusáveis, mas vimos o Paulinho indo para o Barcelona, tem também os jogadores do meu time, o Hulk, o Elkeson...temos qualidade para voltar para a Europa", analisou.

Oscar também lamentou estar longe da seleção brasileira. "Vir para cá deixou as coisas mais difíceis e eu não tenho a mesma visibilidade que tinha na Europa, mas o meu futebol é o mesmo. Está é uma decisão do treinador da seleção".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos