Lateral do PSG é vizinho de Neymar e carrega fama de "pé torto"

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

  • AFP PHOTO / FRANCK FIFE

Gozação em forma de charge é um clássico francês. E o desenho (ver abaixo) de Neymar esbravejando em casa por ter as janelas quebradas pelo vizinho é uma dura crítica ao lateral esquerdo do Paris Saint-Germain, Layvin Kurzawa. A proximidade com o brasileiro foi a maneira encontrada para brincar, com fundo de verdade, sobre a falta de pontaria do francês.

Reprodução
Kurzawa é o vizinho de Neymar na cidade de Bougival, na margem esquerda do Rio Sena, próxima a Paris. A charge em questão, elaborada pelo jornal esportivo francês L'Equipe, leva em consideração o fato e tem a imagem de Neymar devolvendo a bola com o pedido: "Layvin, você pode treinar cruzamentos do outro lado?". "Mas eu estava mirando o outro lado", responde Kurzawa.

O fundo de verdade da brincadeira se deve ao alto índice de erro em cruzamentos apresentado pelo lateral. No último jogo em que foi titular na seleção francesa (0 a 0 contra Luxemburgo, em setembro), por exemplo, foram 17 tentativas de cruzamento no total. Todas erradas.

"Inexplicável atuar como titular. Seus cruzamentos costumam terminar do outro lado do campo. Símbolo do fracasso francês", criticou a revista francesa France Football, que deu nota 3 para a atuação do lateral.

Já na goleada por 4 a 0 do PSG contra o Anderlecht, na última quarta-feira (18), na Bélgica, pela Liga dos Campeões, a participação foi mais discreta. Mesmo assim, a estatística de cruzamentos certos demonstra o defeito: foram apenas dois certeiros, em sete tentativas.

Com números ruins, Kurzawa convive não só com a pressão por parte da imprensa como também dos jogadores do PSG. Certa vez comentou não gostar de atuar ao lado do brasileiro Thiago Silva por ouvir muitas reclamações. Apesar da dificuldade, o francês tem o posto de titular garantido no PSG em grandes partidas. O concorrente, o espanhol Yuri Berchice, tem características mais defensivas. 

O problema para Neymar

A presença do lateral esquerdo no ataque é a melhor maneira de abrir espaço para Neymar. Acostumado a carregar a bola pelo setor, o brasileiro gosta de atuar com laterais agudos, que vão constantemente à linha de fundo. Kurzawa tem o perfil, mas demonstra a falta de qualidade no apoio.

A proximidade em campo faz com que Neymar seja o jogador mais acionado por Kurzawa nos jogos do PSG. Diante do Anderlecht, o brasileiro recebeu 10 passes do francês. Na via inversa, no entanto, o cenário não é o mesmo. Kurzawa recebeu seis passes de Neymar. O mais acionado pelo camisa 10 foi o volante italiano Marco Verratti, com 13 bolas recebidas, seguido de Kylian Mbappè, com nove.

"Eu acho que cresci com a presença do Neymar em campo. Todos nós nos sentimos assim. Eu nunca joguei com alguém de tanta qualidade. Imagino que a tendência seja crescer cada vez mais", comentou recentemente Kurzawa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos