Cruzeiro convida diretor do Guaraní-PAR ao Brasil e negocia por jovem meia

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Guaraní-PAR/Divulgação

    Rodrigo Bogarín, meia-atacante do Guaraní-PAR, interessa ao Cruzeiro

    Rodrigo Bogarín, meia-atacante do Guaraní-PAR, interessa ao Cruzeiro

A visita de um paraguaio ao Brasil aproximou o Cruzeiro de um reforço para 2018. Diego Benítez, diretor geral do Guaraní-PAR foi ao Allianz Parque para assistir ao empate contra o Palmeiras, na segunda-feira (30), e manteve conversas com os mineiros para a ida do jovem Rodrigo Bogarín à Toca da Raposa II.

A intenção dos mineiros é adquirir 50% dos direitos econômicos de Rodrigo Bogarín. Os valores, contudo, não são revelados pelas partes.

Após a igualdade em 2 a 2, o cartola do clube paraguaio se reuniu com Mano Menezes para avançar em uma negociação envolvendo o meia-atacante de 20 anos. A informação foi publicada pelo jornal Hoje em Dia e confirmada pelo UOL Esporte com pessoas ligadas ao atleta.

O treinador cruzeirense escutou boas referências sobre o atleta que marcou 12 gols em 33 partidas pela equipe na atual temporada. Os jogos foram de Libertadores da América e Liga Paraguaia.

A viagem de Diego Benítez ao Brasil foi uma cortesia do Cruzeiro. O clube de Belo Horizonte se interessou pelo atleta que tem se destacado no campeonato local.

"O interesse não é de agora. Começou quando ele chegou aos 20 anos, sobretudo devido à quantidade de gols. Parece um produto muito agradável", disse Diego Benítez, diretor geral do Guaraní, ao programa Fútbol 780, do Paraguai.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos