Grêmio aciona Tijuana-MEX na Fifa e cobra R$ 1,8 milhão por Bolaños

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre (RS)

  • Jefferson Bernardes/AFP

O Grêmio acionou o Tijuana junto à Fifa por conta do empréstimo de Miller Bolaños. Segundo o Grêmio, o time mexicano ainda não quitou a parcela relativa ao contrato de 12 meses que levou o equatoriano de Porto Alegre em agosto. O valor em aberto é 550 mil dólares (R$ 1,79 milhão na cotação atual).

Bolaños já disputou sete partidas no novo clube, mas o empréstimo segue sem ser pago. De acordo com o clube gaúcho, o Tijuana-MEX tinha acordado quitação rápida e em única parcela. Nas últimas semanas, os dirigentes mexicanos sequer responderam as tentativas do Grêmio.

Contratado pelo Grêmio no começo de 2016, Miller Bolaños foi cedido por um ano ao Tijuana-MEX e no contrato de empréstimo há uma cláusula de compra em caso de disputa de 20 jogos ou mais pelo clube da América do Norte.

O Tijuana, além de pagar ao Grêmio, topou bancar o salário integral do equatoriano. Miller Bolaños era um dos mais bem pagos do elenco do Tricolor e deixou Porto Alegre após atos de indisciplina e perda de espaço no time e no banco de reservas.

Antes de assinar com o time mexicano, ele renovou contrato com o Grêmio. O vínculo que ia até dezembro de 2018 foi ampliado justamente para contemplar o empréstimo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos