Jogadores do Cruzeiro negam "mala branca" após empate contra o Palmeiras

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Ale Cabral/AGIF

    Atletas do Cruzeiro negam recebimento de 'mala branca' após jogo contra o Palmeiras

    Atletas do Cruzeiro negam recebimento de 'mala branca' após jogo contra o Palmeiras

Os jogadores do Cruzeiro negaram que tenham recebido um incentivo financeiro, mais conhecido como "mala branca", após o empate de 2 a 2 contra o Palmeiras, na última segunda-feira. Nesta quinta-feira, atletas como Diogo Barbosa, Thiago Neves e Arrascaeta se posicionaram sobre o assunto. Cássio, goleiro do Corinthians, também se manifestou. Entenda o caso aqui.

O meia Thiago Neves foi o primeiro a utilizar suas redes sociais para negar o ocorrido.

"Não precisamos de mala branca pra ter motivação para ganhar os jogos, independente da situação de qualquer time no campeonato. Vamos sempre entrar pra ganhar, porque o nosso time é bom e tem condições de ganhar de qualquer um! Não recebemos nada e como falei, não precisamos disso, então parem de querer colocar coisas aqui dentro do Cruzeiro!", escreveu o jogador.

Apesar da negativa, a reportagem do UOL Esporte sustenta todas as informações publicadas. De acordo com a apuração, os atletas celestes foram premiados com um montante de R$ 500 mil para ser dividido entre eles. A reportagem ouviu o relato de pessoas ligadas a pelo menos cinco atletas diferentes do Cruzeiro e todos confirmaram o pagamento.

Camisa 10 do time, Arrascaeta também utilizou o Twitter para negar sobre o caso.

 

Durante o treinamento nesta manhã de quinta-feira, outros jogadores também falaram rapidamente com a imprensa. Diogo Barbosa foi um deles. "Vocês têm de apurar melhor isso aí", disse o lateral.

O assunto também chegou no Corinthians, líder do Brasileirão e que acabou se beneficiando com o empate do rival Palmeiras. Questionado, nesta quinta-feira, o goleiro corintiano Cássio explicou que jamais recebeu incentivo para ganhar uma partida de outra equipe, mas que também não vê problema.

"Se é para motivar, se for dinheiro declarado e estiver tudo certinho, acho ok. Claro que para perder é inaceitável, mas para ganhar não sei. Eu nunca recebi", disse.

A reportagem do UOL Esporte  também consultou a diretoria do Corinthians, que negou ter feito parte do pagamento do incentivo. A diretoria do Cruzeiro já havia negado a informação ao UOL Esporte e voltou a reafirmar a posição, através do gerente de futebol, Tinga.

"Venho aqui para falar em nome dos atletas. Todos aqui são extremamente profissionais e não participariam de uma coisa dessas. Nosso clube tem uma forma de jogar, entra sempre para ganhar. Algumas pessoas acharam que o Cruzeiro iria a São Paulo passear e, por uma coisa ou outra, inventam histórias. O Cruzeiro foi campeão (da Copa do Brasil), e os atletas ganharam em outros lugares. E ninguém nunca colocou dinheiro na frente das conquistas. Esperamos contribuir para o bem do futebol", disse.

O dirigente expressou o incômodo com a informação. "O Cruzeiro, independentemente de ser o único clube já garantido na Libertadores do ano que vem e ser o único que já ganhou uma competição nacional este ano, nunca deixou de jogar da mesma forma, buscando vitória. Queremos pedir para dar por encerrado isso. Aqui estão incomodados, porque são profissionais", encerrou.

Entenda o caso

Na última segunda-feira, depois do empate por 2 a 2 com o Palmeiras, os jogadores do Cruzeiro comemoraram um incentivo financeiro extra pelo resultado. Quem esteve com os atletas após o duelo no Allianz Parque viu a satisfação dos cruzeirenses com os R$ 500 mil para serem divididos entre eles.

O UOL Esporte ouviu o relato de pessoas ligadas a pelo menos cinco atletas diferentes do time celeste, que confirmam a situação. A chamada "mala branca", incentivo a um time para que ele vença uma partida, não é ilegal e é bastante comum entre jogadores de futebol.

Em geral, o pagamento deste tipo de incentivo é combinado diretamente com os jogadores e não passa pelas mãos da diretoria.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos