Mourinho depõe à Justiça Espanhola e nega fraude fiscal em Madri

Do UOL, em São Paulo

  • Oli Scarff/AFP Photo

    O técnico José Mourinho, do United, durante jogo contra o Tottenham

    O técnico José Mourinho, do United, durante jogo contra o Tottenham

Depois de Neymar, Messi, Cristiano Ronaldo e Mascherano, José Mourinho também está na mira do Fisco espanhol. Segundo o jornal Mundo Deportivo, o treinador português esteve em Madri nesta sexta-feira, para prestar depoimento às autoridades sobre uma acusação de fraude fiscal que chegaria a 3,3 milhões de euros, do período no qual foi treinador do Real Madri.

"Deixei a Espanha em 2013 com a informação e convicção de que minha situação tributária estava perfeitamente legal. Um par de anos mais tarde me informaram de que tinha sido aberta uma investigação, e me disseram que, para regularizar minha situação, teria que pagar um valor x", disse o técnico.

Mourinho chegou sozinho ao tribunal as 9h33 da manhã, para uma audiência marcada para 10h. Deixou o prédio de taxi depois de falar rapidamente à imprensa.

"Eu não contestei, não discuti, paguei e assinei com o governo as atas de conformidade, e tudo estava definitivamente resolvido. Por isso estive aqui por cinco minutos para dizer exatamente o que estou dizendo a vocês ao juiz".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos