Treinador do Tottenham pede que seleção inglesa ‘cuide’ de Harry Kane

do UOL, em São Paulo

  • John Sibley/Reuters

    Harry Kane treina com o Tottenham

    Harry Kane treina com o Tottenham

Mauricio Pochettino, técnico do Tottenham, pediu ao treinador da seleção inglesa de futebol, Gareth Southgate, que trate com cuidado atacante Harry Kane, astro do clube britânico, durante a pausa para os próximos amistosos internacionais.

O comandante do time de Londres manifestou preocupação com uma das principais peças da sua equipe, após perder dois jogadores machucados, na vitória em casa do Tottenham por 1 a 0 sobre o Crystal Palace, neste domingo (5), pela 11ª rodada da Premier League.

Os meias Harry Winks e Dele Alli, outros dois atletas da seleção inglesa, deixaram o campo sentindo lesão. A Associação de Futebol da Inglaterra anunciou, depois do jogo, que Alli será cortado das próximas convocações e Winks ainda passará por exames.

Kane também sentiu dores na partida deste domingo, após um choque com o volante Tim Fosu-Mensa, do Crystal Palace, mas não se machucou. Ele foi substituído aos 77 minutos para ser poupado, de acordo com o Pochettino, devido à sequência de jogos.

Nas duas últimas apresentações do combinado do país, o atacante completou todos os 90 minutos das partidas contra a Eslovênia e a Lituânia.

O treinador do Tottenham afirmou que, por isso, gostaria que Southgate fosse atencioso à situação física de Kane.

Ainda disse que os próximos duelos da Inglaterra serão apenas amistosos, apesar dos fortes adversários. Em Londres, a seleção enfrenta a Alemanha na próxima sexta-feira (10) e recebe o Brasil na terça-feira (14).

"Tudo o que podemos fazer é procurar ter uma boa comunicação e explicar a situação e confiar no trabalho deles."

Premier League

Outros clubes do Campeonato Inglês já foram desfalcados, após a lesão de atletas convocados para times nacionais.

O meia Sadio Mané, do Liverpool, ficou fora durante quatro semanas, depois de se machucar defendendo o seleção do Senegal, e voltou só neste sábado (4), na vitória do clube sobre o West Ham por 4 a 1.

O jogador lesionou o músculo posterior da coxa em 7 de outubro, pelas Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo-2018. Na ocasião, os senegaleses derrotaram Cabo Verde por 2 a 0 e ficaram muito próximos de obter a vaga no Mundial.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos