Árbitro de vídeo gera discussão, derruba dirigentes e é criticado no Alemão

Do UOL, em São Paulo

  • Martin Meissner/AP

    Árbitro Patrick Ittrich pede auxílio de video durante Borussia Dortmund x Colônia

    Árbitro Patrick Ittrich pede auxílio de video durante Borussia Dortmund x Colônia

De acordo com reportagem da revista alemã "Kicker", o uso do árbitro auxiliar de vídeo (VAR) causa polêmica no Campeonato Alemão após sua utilização nas primeiras 11 rodadas do torneio. As controvérsias causadas pelo número de interferências levaram até mesmo ao desligamento de dirigente ligado ao projeto.

Houve uma mudança nas instruções do VAR no meio de setembro. Originalmente, a ajuda eletrônica deveria acontecer apenas no caso da existência de erros claros quatro casos específicos: gols, pênaltis, expulsões e erros na identificação dos jogadores. No entanto, o assistente passou a ser orientado a interferir em qualquer situação em que possa haver engano do árbitro principal.

Como consequência, o uso do VAR disparou durante as partidas. Os clubes, no entanto, só foram avisados sobre as novas instruções no dia 25 de outubro, quando receberam uma carta sobre o tema.

A carta era assinada por Hellmut Krug, ex-árbitro da Fifa e conselheiro de arbitragem da Bundesliga. Posteriormente, a entidade que organiza o Alemão negou ter conhecimento sobre o comunicado e desligou o profissional do seu quadro.

Apesar de não ter mais vínculos com a Bundesliga, Krug segue à frente do projeto do VAR.

Em meio à polêmica, os árbitros do Alemão se mostram insatisfeitos com a polêmica. Manuel Gräffe, que se manifestou publicamente contra o uso do VAR, foi ameaçado de não mais apitar jogos do torneio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos