Barça esperava 'ajuda' da Uefa para contratar Di María, diz rádio

Do UOL, em São Paulo

  • Benoit Tessier/Reuters

    Barça contava com punição da Uefa contra o PSG para levar o meia argentino

    Barça contava com punição da Uefa contra o PSG para levar o meia argentino

O Barcelona tentou se beneficiar de uma ameaça da Uefa contra o PSG para contratar Di María no meio do ano. Segundo a "Radio Monte Carlo", o clube catalão tentou adquirir o meia assim que a Uefa alertou o time francês sobre a necessidade de se cumprir o Fair Play Financeiro.

Na ocasião, o PSG foi pressionado a reduzir a gastança, colocando Di María e Lucas Moura como alvos de vendas para equilibrar as finanças. O Barça ofereceu 40 milhões de euros, mas o PSG achou pouco.

Confiante de que poderia levar Di María diante da ameaça da Uefa contra o PSG, o Barça manteve a proposta ao atleta argentino.

Mas a Uefa informou, posteriormente, que o time de Paris não seria punido com exclusão da Liga dos Campeões, e que eventuais sanções poderiam ocorrer somente no fim do ano. Mais tranquilo, o PSG desistiu de negociar Di María e Lucas no começo da temporada europeia.

De acordo com o jornal "Sport", o PSG pretende negociar Di María na reabertura da janela de contratações (fim do ano) por 75 milhões de euros.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos