Crise financeira? United quer que Mourinho venda antes de comprar, diz BBC

Do UOL, em São Paulo

  • Oli Scarff/AFP Photo

Diante dos boatos que falam de uma possível saída de José Mourinho ao fim da atual temporada, o técnico pode ter uma nova dificuldade em seu trabalho no Manchester United. Segundo a imprensa britânica, há um limite de gastos estabelecido para janeiro.

A informação foi publicada pela BBC nesta terça-feira (7). De acordo com o texto, o United pedirá a Mourinho que venda alguns jogadores antes de pensar em reforços na próxima janela de transferências.

Até o momento, o treinador português já gastou 285 milhões de libras (quase R$ 1,23 bilhão) em apenas seis grandes contratações desde que chegou ao clube, há dois anos. O último balanço financeiro da equipe mostra um aumento de 13,5% nos gastos salariais.

As saídas mais especuladas pelos jornais britânicos são as de Luke Shaw, que ainda não foi titular nesta temporada, e Fellaini, cujo vínculo expira no fim da atual temporada e já lhe permitira assinar um pré-contrato em janeiro.

No início de outubro, Mourinho levou a torcida à loucura em uma entrevista ao canal francês Telefoot. Na conversa, o atual técnico do United disse que não terminará a carreira no clube inglês e ainda elogiou o PSG, levando a imprensa da França a especular que o futuro do português pode ser em Paris.

Entre os torcedores do clube parisiense, há quem diga que o treinador seria o nome ideal para comandar o estrelado elenco do PSG. Acredita-se que Unai Emery não tenha pulso firme suficiente para administrar os egos do grupo, como na queda de braço entre Neymar e Cavani.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos