Contraprova de Guerrero é aberta na Alemanha e laudo sai até sexta

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Daniel Castelo Branco/Agência O Dia/Estadão Conteúdo

    Paolo Guerrero aguarda o resultado da contraprova, aberta em laboratório alemão

    Paolo Guerrero aguarda o resultado da contraprova, aberta em laboratório alemão

A contraprova do exame antidoping realizado por Paolo Guerrero após o duelo entre Peru e Argentina pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 foi aberta nesta quinta-feira (9), em um laboratório da Alemanha. O laudo definitivo é esperado até a próxima sexta-feira (10) e pode ser importante braço para a defesa do atacante do Flamengo.

Flagrado com o metabólito benzoilecgonina - presente na cocaína -, o jogador já afirmou que não consumiu a droga. A principal estratégia da defesa está em uma contaminação cruzada com folhas de coca através de chá antigripal ingerido pelo atacante antes do compromisso pela seleção peruana.

A expectativa é a de que a contraprova traga índices relevantes e a quantidade de substância presente na urina do jogador facilite a tese da contaminação acidental. Os advogados estão otimistas e também aguardam a Fifa em outra ponta importante do caso.

A defesa entrou na principal entidade do futebol com um pedido de interrupção da suspensão preventiva por 30 dias. Se liberado, o atacante poderá defender o Peru na partida de volta da repescagem para a Copa do Mundo, contra a Nova Zelândia, e também estará apto a jogar pelo Flamengo.

A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) será braço importante na defesa de Paolo Guerrero. A entidade disponibilizará todos os laudos dos exames antidoping realizados pelo atacante do Flamengo desde que chegou ao Brasil, em 2012. Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, leia a coluna De Primeira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos