Cruzeiro marca reunião e espera bater martelo por Diogo Barbosa na segunda

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Cruzeiro

    Cruzeiro marca reunião por aquisição dos direitos de Diogo Barbosa

    Cruzeiro marca reunião por aquisição dos direitos de Diogo Barbosa

O Cruzeiro ajusta os últimos detalhes para acertar a aquisição de 25% dos direitos e a extensão contratual de Diogo Barbosa. O vice de futebol Itair Machado se reunirá com o estafe do jogador nesta segunda-feira (13) para bater o martelo do negócio.

O encontro será entre Itair, agentes do lateral esquerdo e diretores do Coimbra, clube que pertence ao Banco BMG.

"Teremos uma conversa na segunda-feira (13) para tentar um desfecho. Queremos bater o martelo", disse Itair Machado ao UOL Esporte.

"Tem alguns clubes interessados em contar com ele, sabemos que Flamengo e Palmeiras foram atrás, mas temos a preferência na compra dos direitos e também na renovação. Pretendemos fazer valer isso na negociação", acrescentou.

A ideia dos mineiros é ceder parte dos direitos de atletas da base em troca do acordo. O valor estipulado em contrato para a compra do percentual - 1 milhão de euros (R$ 3,76 milhões) - é considerado alto pela cúpula.

Diogo Barbosa tem contrato com os mineiros até dezembro de 2018. Entretanto, há uma cláusula que permite a sua manutenção por mais dois anos (até o fim de 2020) em caso de aquisição de um quarto dos direitos do atleta.

Se não efetuar o pagamento para tirar o jogador, o Cruzeiro pode perdê-lo a partir do próximo ano. No atual vínculo, uma minuta estabelece que é dever do clube liberá-lo por 4 milhões de euros (R$ 15,03 milhões) em eventual proposta.

O Cruzeiro adquiriu 25% dos direitos econômicos de Diogo Barbosa em janeiro de 2017. Na ocasião, o clube pagou R$ 2,5 milhões para trazê-lo à Toca da Raposa II.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos