Herói corintiano, Walter vive tormento com lesões em momentos importantes

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

O goleiro Walter ganhou uma chance de ouro na última quarta-feira ao iniciar a partida contra o Atlético-PR entre os titulares. No duelo da Arena da Baixada, o reserva de Cássio viveu duas experiências bem distintas durante a vitória por 1 a 0. No primeiro tempo, o arqueiro defendeu um pênalti de Nikão. Na etapa final, deixou o campo lesionado.

O problema físico de Walter acontece novamente em um momento importante vivido por ele, que foi escalado como titular depois de Cássio viajar para servir a seleção brasileira em dois amistosos. No ano passado, uma lesão atrapalhou o reserva. O fato se repetiu ainda na pré-temporada, quando ele estava à frente de Cássio,

"Eu já deixei claro que ele começaria o ano como titular se não fosse o problema na costela, ele terminou 2016 jogando bem e com o Cássio em baixa. Na reapresentação a gente não sabia quanto tempo ele ficaria fora, ele voltou só nas finais. Não podia falar para o Cássio: 'Vai jogando aí'. Quando sai a convocação, ficamos tranquilos. Infelizmente, machucou', disse Carille após o triunfo em Curitiba.

Em junho de 2016, Walter ganhou a posição de Cássio após o titular ser barrado por Tite. Titular em oito jogos seguidos, na sua maior sequência como goleiro do Corinthians, ele sofreu um estiramento no músculo adutor da pena direita e ficou um mês fora do time já treinado por Cristóvão Borges.

Cleber Yamaguchi/AGIF
Walter salvou o Corinthians em pênalti cobrado por Nikão no primeiro tempo

No retorno, o reserva viu Cássio lhe tomar a posição novamente. Ele só voltou a defender o Corinthians dali a três meses, novamente desbancando o goleiro campeão mundial - Cássio à época estava fora de forma.

No começo de 2017, Walter era o goleiro número 1 de Fábio Carille, mas novamente foi traído por uma lesão. Com um edema ósseo no quarto arco costal, o goleiro de 29 anos nem participou da pré-temporada do Corinthians nos Estados Unidos.

Ao retornar às atividades no CT Joaquim Grava, Walter voltou a ver Cássio como titular. Bem fisicamente, o titular tomou conta da posição e brilhou na campanha do título estadual, levantando até o troféu no fim. Contra o Atlético-PR, Walter estreou na temporada 2017. O goleiro, que chegou ao Corinthians em 2013, soma 56 partidas com a camisa alvinegra - 23 delas foram disputadas na temporada passada.

De acordo com a assessoria de imprensa do Corinthians, Walter sentiu dores na coxa direita e será reavaliado pelos médicos do clube nesta quinta-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos