Walter celebra defesa em vitória do Corinthians, mas lamenta lesão

Do UOL, em São Paulo

Walter viveu dois momentos distintos na vitória do Corinthians contra o Atlético-PR, quarta, 1 a 0, em Curitiba. Ele vibrou intensamente com o pênalti defendido no 1º tempo, mas saiu de campo chorando na etapa final após lesão na virilha. Nas redes sociais, o camisa 27 disse não saber quando retornará aos campos e enalteceu o trabalho dos goleiros reservas.

"Inexplicável a sensação de poder ajudar essa equipe. Não sei o tempo que vou ficar parado, mas pode ter certeza que a nossa meta estará em ótimas mãos. Obrigado pelas mensagens. Deus abençoe a cada um", escreveu.

Reserva de Cássio, Walter fez sua primeira atuação no ano. Em campo, o goleiro teve atuação bastante segura. Além da penalidade defendida, Walter realizou outras boas interceptações. Lesionado, ele deu lugar a Caique França.

O problema físico de Walter acontece novamente em um momento importante vivido por ele, que foi escalado como titular depois de Cássio viajar para servir a seleção brasileira em dois amistosos. No ano passado, uma lesão atrapalhou o reserva. O fato se repetiu ainda na pré-temporada, quando ele estava à frente de Cássio,

"Eu já deixei claro que ele começaria o ano como titular se não fosse o problema na costela, ele terminou 2016 jogando bem e com o Cássio em baixa. Na reapresentação a gente não sabia quanto tempo ele ficaria fora, ele voltou só nas finais. Não podia falar para o Cássio: 'Vai jogando aí'. Quando sai a convocação, ficamos tranquilos. Infelizmente, machucou', disse Carille após o triunfo em Curitiba.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos