Ex-promessa do Real Madrid que se aposentou aos 29 admite exagero na noite

Do UOL, em São Paulo

  • Pierre-Philippe Marcou/AFP

    Royston Drenthe em ação durante treino do Real Madrid em 2012

    Royston Drenthe em ação durante treino do Real Madrid em 2012

Considerado promessa do Real Madrid em 2007, ano em que surgiu no clube, Royston Drenthe teve dificuldades para deslanchar e se aposentou do futebol profissional em 2016 com apenas 29 anos de idade. Em entrevista ao jornal espanhol "Marca", o ex-jogador admitiu que exagerava nas noitadas.

"Eu saía, sim. Não todas as noites, como foi dito. Mas muitas noites, bastante. Muitas vezes eu tinha que sair em segredo, porque não era o momento adequado. Mas não é fácil dizer não a todas as noites porque como jogador do Real Madrid te oferecem muitas coisas. Madri é uma cidade muito bonita, há muitos restaurantes, há muitas festas, garotas muito bonitas... E você é jovem, um jogador do Real Madrid... Há muitas tentações que colocam na sua frente, e se você não está totalmente focado...", disse Drenthe.

O ex-jogador, que acaba de lançar sua biografia, revelou que não era o único que caía nas noitadas.

"No livro eu não dou nomes e nem vou dar aqui, mas eu não era o único jogador que saía. Isso está claro", declarou.

Apesar da admissão, Drenthe não acha que as noitadas foram prejudiciais à sua carreira.

"Eu não concordo com isso. Nunca cheguei atrasado para um treino e trabalhei muito. Realmente, se eu saí do Real Madrid não foi por isso. Eu acho que tive bons momentos, mas, no fim, o futebol é complicado, e mais em Madri. Mas para o clube eu só tenho boas palavras. Eles sempre se comportaram bem comigo", exaltou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos