Italianos criticam Azzurra após derrota: "imprecisa e quase nunca perigosa"

Do UOL, em São Paulo

  • Soren Andersson/AFP

O clima de preocupação e agonia tomou conta da imprensa italiana nesta sexta-feira (10). Após a derrota da Azzurra para a Suécia por 1 a 0 na repescagem das Eliminatórias Europeias, os jornalistas locais viram o revés como "uma catástrofe", mas ainda mantêm a esperança de estarem na Copa do Mundo de 2018.

O jornal Corriere Dello Sport crê que a seleção será capaz de se classificar, apesar de todo o sofrimento. "Parece um prelúdio para um drama esportivo, a primeira vez que se assiste a um filme de terror, mas mesmo com o enredo tão dramático, a gente consegue pensar em um canto escondido do nosso coração que ainda pode ter um final feliz".

A Gazzetta Dello Sport lamentou o resultado e viu uma equipe "imprecisa e quase nunca perigosa". "Depois do gol, a mentalidade mostrada foi muito decepcionante".

O Corriere Della Sera foi o periódico com o discurso mais pesado em relação à equipe do técnico Giampiero Ventura. Apesar disso, a crítica deu valor ao futebol apresentado pelos anfitriões. "Agora está difícil. O apocalipse ainda não se tornou realidade, mas faltam 90 minutos para evitar o inconfundível, uma Itália fora da Copa do Mundo. E será muito, muito complicado. Porque o que claramente surge deste primeiro jogo é uma Suécia que certamente é mais uma equipe do que a Itália, todos reunidos em torno de um desenvolvimento simples e um produtivo 4-4-2. Enquanto isso, a Azzurra não sabem de que raça é".
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos