Reunião sobre orçamento do Cruzeiro definirá compra de Hudson junto ao SP

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Volante Hudson ainda não tem definição sobre o futuro no Cruzeiro

    Volante Hudson ainda não tem definição sobre o futuro no Cruzeiro

A definição do orçamento para 2018 será fundamental para a busca do Cruzeiro por reforços, mas também para a manutenção de Hudson. Na próxima terça, o presidente Wagner Pires de Sá e o vice de futebol Itair Machado se reunirão com Gilvan de Pinho Tavares para definir o investimento do clube em 2018 e o volante deve entrar em pauta.

A ideia é que os dirigentes acertem, na reunião, o montante destinado a contratações e em quais setores da equipe serão usados estes valores.

Para manter Hudson de forma definitiva, o clube tem de pagar 1,5 milhão de euros (R$ 5,6 milhões na cotação atual) ao São Paulo, conforme estipulado no empréstimo que se encerra em dezembro deste ano.

"Eu já conversei com o diretor do São Paulo nos últimos dias. Não precisamos colocar jogadores na negociação. Vamos definir o orçamento para 2018 e ver se podemos acionar a cláusula. Haverá uma reunião entre o doutor Gilvan e o presidente Wagner [Pires de Sá] para conversar sobre isso", afirmou o vice de futebol Itair Machado ao UOL Esporte.

Luciano Couto, empresário do meio-campista de 29 anos, reside em Madri e tem volta ao Brasil prevista para 20 de novembro. Na chegada ao país, ele se reunirá com o diretor a fim de acertar a manutenção de Hudson na Toca da Raposa II.

O volante é uma das prioridades do Cruzeiro para 2018. Pedido de Mano Menezes, o jogador pode ter os direitos adquiridos pelo clube mineiro em janeiro do próximo ano. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos