Ex-presidente do Botafogo é intimado para depor sobre caso Odebrecht

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Vitor Silva/SSPress.

O ex-presidente do Botafogo Maurício Assumpção e o ex-diretor executivo Sérgio Landau foram intimados para depor nesta terça-feira em uma delegacia no Centro da cidade. A visita será necessária por conta de um processo instaurado pelo clube sobre o empréstimo de R$ 20 milhões feito pelo ex-mandatário em 2014. A informação é do globoesporte.com e foi confirmada pelo UOL Esporte.

A atual diretoria do Botafogo acusa a dupla de favorecerem a Odebrecht, concessionária do Maracanã, no caso da interdição do Nilton Santos (Engenhão) em 2013. Na oportunidade, o "Maior do Mundo" precisava fechar com ao menos dois clubes para levar a concessão. O problema é que o Alvinegro facilitou o aluguel para os rivais e virou um problema para a construtora. Alguns dias depois, o clube de General Severiano viu sua casa ser interditada para obras.

No processo do Botafogo, apenas Mauricio Assumpção e Sérgio Landau são intimados à delegacia. Ninguém da Odebrecht, por outro lado, terá que prestar depoimento neste momento. A velocidade em que a dupla foi intimada e data que terá que depor também causou estranheza, tamanha velocidade da sequência dos fatos.

O presidente Carlos Eduardo Pereira assumiu o Botafogo em 2014 e prometeu uma grande investigação na antiga gestão. Após quase três anos, o Alvinegro deu entrada no processo em outubro. No fim de novembro, o clube passará por eleições para definir o próximo mandatário. Concorrem Nelson Mufarrej, pela situação, e Marcelo Guimarães, como candidato de oposição.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos