Santos fecha "parceria" com clube do Chipre e pode negociar lateral

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • CHICO FERREIRA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

    Lateral Caju quase foi negociado para o Lille, da França, nesta temporada

    Lateral Caju quase foi negociado para o Lille, da França, nesta temporada

O Santos fechou uma parceria com o Apoel, uma espécie de relação internacional. O problema é que o time do Chipre já pediu um jogador que o clube não está disposto a liberar. Trata-se do lateral esquerdo Caju, que ganhou mais espaço na equipe após Elano assumir o comando no lugar de Levir Culpi.

O problema não é técnico e sim financeiro. O Apoel pediu o empréstimo do lateral por uma temporada, mas o clube paulista ainda sonha em negociar o jogador com o Lille, da França.

Devido a problemas nos exames médicos do atleta, o acordo não foi fechado a tempo na última janela de transferência, mas os dois clubes combinaram em retomar a negociação no início de 2018.

Vale lembrar também que o Santos perdeu recentemente o seu titular da posição: Zeca. O jogador abandonou o clube acionando a Justiça ao cobrar a falta de pagamento do FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviço).

A diretoria santista, inclusive, já se preparou para repor a perda em 2018. O clube paulista acertou um pré-contrato com o lateral esquerdo Romário, do Ceará.

O lateral de 25 anos assinou com o clube paulista por cinco temporadas. O atleta é um dos principais destaques do Ceará no Campeonato Brasileiro da Série B. Atualmente, o lateral é o líder de assistências do clube cearense na competição, com seis passes para gol.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos