Fagner conta por que se surpreendeu com ida do amigo Ceni para o Fortaleza

Marcello De Vico e Vanderlei Lima

Do UOL, em Santos e São Paulo

  • Marcel Rizzo/UOL Esporte

    Rogério Ceni foi apresentado nesta quarta-feira (15) na Arena Castelão

    Rogério Ceni foi apresentado nesta quarta-feira (15) na Arena Castelão

Uma grande amizade e uma admiração mútua que já vêm de muitos e muitos anos. Assim é relação entre Rogério Ceni, novo técnico do Fortaleza, e o cantor e compositor Raimundo Fagner, torcedor tricolor, que deve se tornar ainda mais próxima por conta da contratação do ex-goleiro, que foi apresentado oficialmente nesta quarta-feira (15) na Arena Castelão.

Raimundo Fagner foi citado por Rogério Ceni em entrevista concedida pelo técnico na última terça (14), ao Facebook oficial do Fortaleza: "Quero mandar um abraço a todos, agradecer a todos amigos que tenho aqui, como Raimundo Fagner, que é torcedor do Fortaleza e uma pessoa que eu tenho uma admiração e um carinho muito grande". Procurado pelo UOL Esporte, o cantor de 68 anos devolveu todo carinho demonstrado por Rogério Ceni e explicou por que a chegada do amigo ao seu time de coração o surpreendeu.

Jarbas Oliveira/UOL
Torcedor do Fortaleza, Raimundo Fagner canta em show durante inauguração do novo estádio do Castelão, em 2012
"O Rogério é um nome internacional e, apesar de estar começando a carreira de treinador, eu tenho certeza que ele teria propostas de muitos lugares, de clubes importantes, de projeção. E também para o Fortaleza foi uma surpresa, porque eu não pensava que ele viesse logo para o Fortaleza. Essa identificação tricolor acho que vai mexer um pouquinho também com a história dele, com o clube, as cores... Foi uma bela surpresa e eu estou torcendo demais para que Rogério faça um grande trabalho aqui e mostre, como treinador, o que ele sempre foi como um dos maiores atletas, um dos maiores goleiros e artilheiro. O Rogério é um fenômeno", disse.

"Para mim é um momento muito especial, de emoção, porque além da admiração que eu tenho pelo Rogério, que é um vencedor, nós somos amigos há muito tempo. Nos conhecemos no campo do Rivelino [em São Paulo], o Rogério estava começando a carreira de jogador, e aí nasceu uma grande amizade. E depois, acompanhando a carreira dele, e eu sempre torcendo. Também sou são-paulino, ele sempre me prestigiou nos shows e nós temos uma boa amizade, um respeito mútuo, e ele sempre teve um carinho enorme comigo", acrescentou.

Raimundo Fagner admitiu que, nos últimos anos, não esteve tão por dentro do Fortaleza como gostaria. Porém, garante que a chegada de Rogério Ceni e o Centenário do clube – que completa 100 anos em 2018 – o farão voltar a acompanhar de perto o seu time de coração.

"E eu tenho uma esperança muito grande de que ele possa desenvolver um trabalho vencedor como sempre foi a carreira dele. E isso também agora me reaproxima do clube porque hoje eu ando um pouco por fora do futebol, e agora, com o centenário do Fortaleza em 2018 e a chegada do Rogério, é uma motivação para eu prestigiar o clube e o meu amigo, meu ídolo", disse.

Marcel Rizzo/UOL Esporte
Rogério Ceni encontra torcedores do Fortaleza em evento no Castelão
Fagner encara a chegada de Ceni ao Fortaleza como uma possibilidade de o ex-goleiro recomeçar a carreira de treinador – após passagem apagada pelo São Paulo.

"Apesar da grande identificação que ele tem com o São Paulo, ele chegou como treinador com uma cobrança maior, com uma responsabilidade maior, e aqui no Fortaleza ele pode recomeçar uma carreira de treinador num clube que ele vai ter identidade também. Com o São Paulo ele sempre visitou o Fortaleza e sempre nutriu admiração pela cidade; até uns anos atrás eu brinquei com ele de ele ter uma casa aqui na praia, onde eu tenho também, então eu estou torcendo demais para que ele tenha um grande sucesso aqui e que ele possa ter um recomeço de carreira de treinador vitorioso junto com o Fortaleza", analisou.

Por fim, Fagner aproveitou para brincar com o amigo e prometeu vencê-lo em uma disputa de pênaltis. O recado foi dado: "Falei para o Rogério que eu não poderia ir, mas é apenas a apresentação dele. Logo que ele começar o trabalho mesmo eu vou ao clube para bater um penaltizinho para ele, que ele sabe que eu sou esperto. Bola para um lado e ele para o outro".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos