Presidente de time chileno da série B diz que rejeitou Maradona de técnico

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/UOL Esporte

    Maradona

    Maradona

Walter Aguilera, presidente do Cobreloa, tomou uma decisão que ofenderia qualquer argentino: disse não para Maradona. O diário La Cuarta, do Chile, publicou que o dirigente recusou uma oferta para contar com o melhor jogador da Copa de 1986 como treinador do time.

"Um ex-jogador do Cobreloa nos apresentou o nome de Diego Maradona como possível futuro treinador. Nos enviou o currículo avisando das intenções do argentino. Mas eu disse claramente que não estamos interessados. Nem quisemos discutir detalhes como salário e outros temas".

O Cobreloa já teve dias de glórias e decidiu duas Libertadores, uma contra o flamengo em 1981. Mas a equipe vive outra realidade e está na Série B do campeonato nacional desde 2015. Nem assim, Aguilera cogitou contratar Maradona.

"Não é nosso perfil técnico. Só isso. Estamos conscientes do apelo midiático que a chegada de Maradona poderia ser para o time. Mas de que vai nos adiantar. Vamos encher o estádio nos três primeiros jogos e, depois, mais nada. Não acho que seria bom.

 

UOL Cursos Online

Todos os cursos