Técnico descarta trocar Juventus pela Itália e poupa Buffon

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/UEFA

    Allegri diz que gostaria de assumir a Azzurra - mas não agora

    Allegri diz que gostaria de assumir a Azzurra - mas não agora

Um dos nomes especulados para assumir a Itália depois do vexame de ficar fora da Copa do Mundo de 2018, o técnico Massimiliano Allegri, da Juventus, disse neste sábado que não pensa em seleção no momento.

"Itália? Absolutamente não. Estou feliz na Juventus e quero ficar aqui", afirmou. "A seleção é uma ambição para o futuro, mas neste momento estou focado apenas na Juventus porque temos muito a fazer juntos. Vou falar sobre esta oportunidade em alguns anos".

Allegri faz parte de uma lista que ainda tem nomes como Carlo Ancelotti, Roberto Mancini e Antonio Conte. Todos poderiam assumir a Azzurra no lugar de Gian Piero Ventura, demitido após a derrota na repescagem contra a Suécia que tirou a seleção do próximo Mundial.

A eliminação na última terça inclusive refletiu na Juventus de Allegri. O goleiro Buffon e o zagueiro Barzagli, que anunciaram aposentadoria da seleção após o jogo contra os suecos, não vão a campo neste domingo contra a Sampdoria, pelo Italiano.

"Nem Buffon nem Barzagli vão começar jogando amanhã (domingo). Eles realmente estão bem, mas claro que desapontados com o resultado da seleção nacional", concluiu o treinador.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos