Gestor deixa Mamoré devido às indefinições envolvendo o futuro do clube

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

O Mamoré teve uma perda significativa para a disputa do Módulo II do Campeonato Mineiro em 2018. Contratado para ser gestor do clube, Bruno Noventa se viu obrigado a sair do clube após dois meses de trabalho. Ele já havia iniciado a busca por patrocinadores e atletas visando a próxima temporada.

O gestor anunciou, nesta terça-feira (21), o desligamento do clube. A sua saída se dá por dois motivos: falta de estrutura para trabalho e indefinição em relação à comissão técnica.

"Gostaria de fazer um trabalho profissional e vencedor à frente do clube, mas as indefinições e a falta de clareza me fizeram repensar e ver que é preciso ter responsabilidade com a torcida que tanto merece. Não dá para fazer experiências", disse ao UOL Esporte.

Bruno Noventa, que conta com passagens por Vasco, Flamengo, Fluminense e Juventude, já havia iniciado contatos para contratar atletas e treinador. No entanto, como as situações não avançaram, ele deixa a equipe de Patos de Minas.

O Mamoré ainda não divulgou o substituto para a vaga de Bruno Noventa. A expectativa é que o clube se decida em relação à contratação de um novo executivo de futebol nos próximos dias.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos