Sem Pratto e Petros no campo, São Paulo volta a treinar

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Érico Leonan/saopaulofc.net

    Com dores na coxa, Pratto não pôde treinar com bola e é dúvida para jogo contra o Coritba

    Com dores na coxa, Pratto não pôde treinar com bola e é dúvida para jogo contra o Coritba

Depois do empate por 0 a 0 com o Botafogo, o São Paulo se reapresentou no CT da Barra Funda, nesta terça-feira à tarde. As ausências ficaram por conta de Petros e de Lucas Pratto. O volante foi liberado pelo clube e viajou para a Bahia, pois o seu avô morreu no último domingo. Já o atacante argentino fez o trabalho físico no Reffis.

Apesar de não ter uma lesão constatada, Pratto reclama de dores na coxa direita. O jogador ainda é dúvida para o jogo deste domingo, fora de casa, contra o Coritiba. Caso ele não tenha condições de entrar em campo no fim de semana, o substituto deve ser Gilberto, que tem contrato com o Tricolor só até o fim deste ano e não vai continuar no Morumbi em 2018.

Em recuperação de cervicalgia (dores nas costas), Bruno participou de parte da atividade no campo com bola. O lateral direito não atua desde o dia 3 de agosto, na derrota para o Coritiba, ainda no primeiro turno do Brasileiro. Improvisado no setor, o volante Militão se firmou no posto e volta ao time neste fim de semana após cumprir suspensão.

Cueva, que voltou ao Brasil um dia depois do esperado depois da classificação do Peru para a Copa do Mundo, na última semana, treinou normalmente. O camisa 10 deve formar o meio de campo ao lado de Hernanes neste domingo, no Couto Pereira, em Curitiba. No fim, a atividade foi encerrada quando começou uma tempestade na zona oeste da capital, onde fica o CT tricolor.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos