Ex-dirigente registra BO e relata ameaça de morte de novo vice do Cruzeiro

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Bruno Vicintin foi vice-presidente de futebol do Cruzeiro entre setembro de 2015 e outubro de 2017

    Bruno Vicintin foi vice-presidente de futebol do Cruzeiro entre setembro de 2015 e outubro de 2017

Bruno Vicintin, ex-vice-presidente de futebol do Cruzeiro, acionou a Polícia Militar de Minas Gerais para fazer boletim de ocorrência em que relata ameaça de Itair Machado, novo homem forte do esporte no clube.

O antigo cartola informou que, em 13 de novembro (segunda-feira), durante reunião na sede administrativa do Cruzeiro, José Lemos recebeu uma ligação de Itair Machado. O novo membro da cúpula teria utilizado as seguintes palavras para ameaçá-lo:

"Lemos, eu odeio o senhor Bruno Vicintin. E quero que você dê o recado a ele. Se ele não parar de falar de mim na internet, eu vou matá-lo".

Bruno Vicintin garante que conta com seis testemunhas em relação ao caso. Entre eles, estão Gilvan de Pinho Tavares, José Lembos e Ronaldo Granata, vice-presidente de Wagner Pires de Sá.

Divulgação
Bruno Vicintin, ex-cartola do Cruzeiro, registra ocorrência contra Itair Machado

A suposta ameaça de Itair Machado a Bruno Vicintin foi divulgada nessa quarta-feira (22), em entrevista coletiva do ex-vice-presidente de futebol.

"Falei que faria um boletim de ocorrência quando chegasse a Belo Horizonte e cheguei ontem à noite. Tenho conversado muito pouco com o Gilvan e liguei hoje de manhã para saber o que estava acontecendo. O Serginho, do Alterosa Esporte, esteve na sala do Gilvan e disse que estão chateados comigo por matérias divulgadas no Blog do Paulinho", disse.

"Ele pediu ao Gilvan para interceder ou eles iriam declarar guerra e expor tudo sobre a gestão do Cruzeiro. O Gilvan disse que não estava falando comigo e não tinha que me dar recado. Eu não conheço o Paulinho, do Blog do Paulinho, nunca conversei com ele", acrescentou.

Por meio de nota oficial, Itair Machado negou a existência do fato: "Com muita surpresa, acabo de tomar conhecimento da entrevista coletiva do Sr. Bruno Vicintin, ex-Vice Presidente de Futebol do Cruzeiro Esporte Clube, em que me acusa, de maneira leviana e irresponsável, ter ameaçado a sua integridade física, por razões e motivações, entretanto, não explicadas", declarou.

"Não obstante, rechaço e nego, com veemência, a injusta acusação, da qual o acusador, atualmente um mero "investigado" pelo Conselho Deliberativo do Cruzeiro EC, por supostas irregularidades praticadas durante sua gestão no Clube, responderá oportunamente na justiça pelas aleivosias gratuitas e injustificadas", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos