Mesmo com público recorde, pagamento da Arena Corinthians ainda se arrasta

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Ronny Santos/Folhapress

    Corinthians já jogou 120 partidas em Itaquera, 33 delas na temporada 2017

    Corinthians já jogou 120 partidas em Itaquera, 33 delas na temporada 2017

Turbinado por dois títulos, o Corinthians fechará a temporada 2017 com a maior média de público da Arena desde a sua construção. A presença maciça dos torcedores nos jogos disputados em Itaquera em 2017, no entanto, contrasta com o imbróglio que envolve o pagamento do estádio corintiano.

Quase dois anos depois de dar início a uma renegociação com a Caixa Econômica Federal, o Corinthians ainda não voltou a pagar as parcelas mensais do empréstimo público de R$ 400 milhões. O financiamento começou a ser quitado pelo clube em julho de 2015 e, desde então, apenas oito parcelas foram repassadas ao banco estatal.

Diante de conversas que se arrastam há meses, a expectativa do Corinthians é resolver o assunto em breve. De acordo com o diretor financeiro do clube, Emerson Piovezan, as parcelas voltarão a ser pagas ainda em 2017. 

Após repassar prestações de aproximadamente R$ 6 milhões até março de 2016, o Corinthians passou a pagar apenas juros. A ideia do clube é obter uma diminuição do valor mensal até 2020 e manter o prazo final até 2028 - dessa forma, o pagamento mensal ficaria mais pesado nos últimos anos

No fim do ano passado, membros da diretoria corintiana asseguravam que o novo parcelamento havia sido fechado com a Caixa. Doze meses depois, porém, o acordo ainda não saiu.

No começo de julho, o presidente corintiano Roberto de Andrade afirmou ao site Globoesporte.com que o acordo estava prestes a sair. Segundo ele, faltava apenas um 'ok' do banco para a dívida começar a ser abatida. Até agora, no entanto, isso não avançou.

Diego Salgado/UOL Esporte
Arena foi inaugurada em maio de 2014

Público recorde em 2017

Campeão estadual e brasileiro, o Corinthians conseguiu, na última quarta-feira, superar a melhor marca ligada ao público na Arena. Em 2017, mais de 34 mil espectadores, em média, acompanharam os 33 jogos no estádio. O recorde foi batido na vitória por 3 a 1 sobre o Fluminense, no duelo que garantiu o heptacampeonato.

Os números obtidos nos últimos meses superam até os registrados em 2015, ano em que o Corinthians também lotou o estádio e se sagrou campeão brasileiro. Naquela temporada, a média de público nas 35 partidas chegou a 33.835.

A renda bruta acumulada em 2017 é de R$ 60,8 milhões. Depois de o Corinthians pagar os custos operacionais das partidas, restaram R$ 38,6 milhões. A manutenção do estádio gira em torno de R$ 2,5 milhões.

A bilheteria dos jogos, assim, representou pouco mais de R$ 11 milhões limpos ao clube. A esse valor, somam-se receitas com estacionamento, camarotes e eventos realizados no estádio nos últimos meses. 

O valor enviado ao fundo responsável por gerir o estádio, porém, é uma incógnita. Procurada pela reportagem do UOL Esporte, a Arena Corinthians afirmou que não irá divulgar o total arrecadado pelo clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos