Torcedores obtêm liminar que garante assembleia de sócios no Atlético-PR

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Reprodução

    Torcedores obtém liminar que garante assembleia

    Torcedores obtém liminar que garante assembleia

A Justiça do Paraná concedeu liminar ao grupo que solicita a realização de uma Assembleia Extraordinária de Sócios que pretende mudar decisões da diretoria do Atlético Paranaense em relação à política do clube, em especial a relação com os torcedores. A liminar considera que o Atlético deve dar suporte aos realizadores, publicar oficialmente a convocação e a listagem com os nomes de todos os sócios, e reconhecer a validade das decisões e da data marcada, dia 9 de dezembro.

O Atlético, através do presidente do Conselho Deliberativo, Mario Celso Petraglia, não havia cumprido com prazos estatutários – alegados na liminar – e ainda não havia confirmado o reconhecimento da Assembleia. O clube pediu um prazo maior para a checagem das 3.667 assinaturas que constam no pedido. Nas últimas semanas, o departamento de sócios do Atlético tem ligado para vários torcedores para averiguar se assinaram ou não a petição.

A Juíza Julia Maria Tesseroli de Paula Rezende é quem assina a liminar, que prevê uma multa de R$ 200 mil e consequências criminais a quem não acatar a decisão. "É uma vitória dos sócios e dos torcedores atleticanos. Nós da Atlético de Novo fomos os porta-vozes dessa insatisfação com o quadro atual. A vitória é dos sócios e torcedores. Vai ter assembleia dia 9", comemorou Fernando Munhoz, um dos que assinaram a petição.

Procurado, o Atlético disse através de seu departamento jurídico que irá analisar a questão. De acordo com o mesmo, o processo interno de averiguação das assinaturas e convocação da assembleia estaria em fase final.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos