Neymar marca pela 1ª vez após virar "cobrador oficial", mas impasse segue

Do UOL, no Rio de Janeiro

A polêmica ainda está no ar. Mas a julgar pelo jogo deste domingo (26), Neymar será o cobrador de pênalti do Paris Saint-Germain. E marcou um gol pela primeira vez nesta possível condição - após todo o impasse. Depois de semanas de polêmicas com o uruguaio Cavani, o craque brasileiro cobrou a penalidade em duelo contra o Monaco pelo Campeonato Francês, e fez o segundo gol da vitória por 2 a 1 sobre o atual campeão.

Na última semana, Cavani já tinha avisado da decisão do treinador do PSG, Unai Emery. "Neymar cobrará o próximo pênalti", disse o uruguaio. Somente neste domingo, no entanto, a questão foi oficializada.

A resposta sobre o cobrador oficial, no entanto, ainda é um mistério, visto que Cavani falou apenas do "próximo pênalti".

Após o jogo, os brasileiros Marquinhos e Thiago Silva foram perguntados sobre o caso.

"Não sei se é cobrador oficial, tem que perguntar ao Unai [Emery, técnico], disse Marquinhos. "Não sabemos ainda", completou Thiago, mostrando que o impasse segue. "Hoje o Neymar bateu, pode deixar o próximo para o Cavani, pois é um garoto de grande coração. O mais importante é o PSG ganhar".

A dúvida só poderá ser respondida nos próximos jogos, quando - e se - houver um novo pênalti para a equipe. Cavani e Neymar não falaram com a imprensa na zona mista.

Com a vitória, o PSG disparou na ponta da tabela e mostrou que dificilmente não será o grande favorito ao título da temporada 2017-2018. São 38 pontos em 14 jogos, nove pontos a mais que o agora vice-líder Lyon.

A vitória deste domingo foi a 17ª do PSG em 19 jogos na temporada – foram ainda dois empates na campanha invicta. Neymar tem 14 gols em 15 jogos disputados na temporada, enquanto Cavani soma 22 tentos em 19 partidas.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos