Venda de Neymar atrapalhou renovação de Messi com o Barcelona, diz jornal

Do UOL, em São Paulo

  • John Sibley/Reuters

    Neymar e Lionel Messi conversam em evento da Fifa

    Neymar e Lionel Messi conversam em evento da Fifa

De acordo com reportagem do jornal espanhol "Marca", a saída de Neymar pode ter contribuído para a demora da renovação contratual de Lionel Messi com o Barcelona. O clube catalão teria tentado aumentar a cláusula de rescisão do argentino depois que o Paris Saint-Germain topou pagar 222 milhões de euros (R$ 849,5, na cotação atual) para comprar o brasileiro.

No sábado, Messi renovou contrato com o Barcelona até 2021, com cláusula de rescisão de 700 milhões de euros (cerca de R$ 2,7 bilhões). As partes tinham acordo de princípio em julho com multa de 300 milhões de euros (cerca de R$ 1,1 bilhão), mas o clube passou a ter medo de perder o argentino após ver o que aconteceu com Neymar.

Assim, o Barcelona procurou o pai de Messi para renegociar os termos da renovação. As partes negociaram em sigilo e concordaram com um novo valor para a cláusula de rescisão.

O efeito da saída de Neymar também pode ser medido na cláusula de rescisão de Ousmane Dembélé, firmada em 400 milhões de euros (cerca de 1,5 bilhão).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos