Vitória corintiana sobre Palmeiras é exemplo para Libertadores, diz Gabriel

Diego Salgado

Do UOL, em São Paulo

  • Ale Cabral/AGIF

    Gabriel comemora gol marcado pelo Corinthians no triunfo sobre o Palmeiras

    Gabriel comemora gol marcado pelo Corinthians no triunfo sobre o Palmeiras

O Corinthians voltará a disputar a Libertadores depois de um ano fora da maior competição sul-americana. De olho no maior objetivo da temporada 2018, o volante Gabriel ressaltou que vê o espírito do torneio do elenco heptacampeão brasileiro.

O exemplo, segundo o jogador, pôde ser visto na partida contra o Palmeiras, no último dia 5, em Itaquera. Naquela oportunidade, o Corinthians venceu por 3 a 2 sob olhares de mais de 46 mil torcedores. O triunfo deu fôlego ao time alvinegro, que conquistou o título brasileiro dali a três rodadas.

"No jogo contra o Palmeiras era uma final antecipada e o time fez o que fez dentro de campo. Espírito nosso time tem para disputar uma Libertadores. Na hora que mais precisou esse ano,a equipe mostrou força e recuperou para dar a arrancada final", disse Gabriel.

O volante ainda apontou outro jogo contra o Palmeiras como um divisor de águas na temporada. Para ele, a vitória por 1 a 0 em Itaquera, ainda em fevereiro, tornou-se um dos jogos mais importantes de 2017 - vale lembrar que Gabriel foi expulso injustamente naquele clássico e o time derrotou o rival com um jogador a menos em campo, com um gol de Jô nos minutos finais.

"Eu rotulo essa vitória, da maneira que foi, como uma virada para a gente conseguir ter esse ano maravilhoso. Emplacamos 34 partidas invicto, primeiro turno inteiro invicto, entramos para a história. Ganhamos o paulista e o brasileiro. Foi um momento importante e para mim individualmente também valia muito, por tudo que passei na minha carreira", afirmou o volante.

Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians
O volante corintiano aponta o primeiro dérbi como divisor de águas na temporada

Gabriel deixou o Palmeiras no fim do ano passado após o fim do contrato de empréstimo e logo foi contratado pelo Corinthians no começo de janeiro. No time de Parque São Jorge, virou titular, em uma situação bem diferente do clube alviverde, onde enfrentava forte concorrência no setor. 

O volante corintiano também comentou as eliminações do campeão brasileiro em das competições de mata-mata na temporada 2017. O Corinthians caiu diante do Inter, nas oitavas da Copa do Brasil, e contra o Racing-ARG, nas quartas da Copa Sul-Americana.

"Saímos dessa competições sem perder, com empates. Um gol dentro de casa nos custou a eliminação contra o Racing. Contra o Inter foi nos pênaltis", frisou Gabriel, que vê méritos na retomada alvinegra no segundo turno do Brasileirão - após uma série de derrotas, o líder emendou quatro vitórias seguidas na reta final.

"Eu vejo nossa equipe muito preparada para jogar a Libertadores. No momento mais crucial do ano, a equipe mostrou que é forte mentalmente", ressaltou o camisa 5 do Corinthians.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos