Xodó de técnico do PSG prejudicou Lucas Moura mesmo sem gols

João Henrique Marques

Do UOL, em Paris

  • Gonzalo Fuentes/Reuters

    Giovani Lo Celso foi contratado pelo PSG em 2016

    Giovani Lo Celso foi contratado pelo PSG em 2016

A constante ausência de Lucas Moura no Paris Saint-Germain tem relação direta com a ascensão de Giovani Lo Celso. O meia argentino de 21 anos é o xodó do treinador Unai Emery e passou a ser o 12° jogador do time. Ninguém no banco de reservas é mais utilizado que ele. Nesta quarta-feira, diante do Troyes, no Parque dos Príncipes, em Paris, pelo Campeonato Francês, sua presença é considerada certa.

Lo Celso atuou em 16 dos 20 jogos do PSG até o momento na temporada. Todos vindo do banco de reservas. O número impressiona visto que Lucas Moura, de posição similar em campo, teve apenas 5 participações vindo do banco de reservas.

"Nós estamos uma incrível evolução do jogador. Isso é mérito. Ajuda na marcação, traz mobilidade e é bem veloz para atuar diante de adversários mais cansados. Não há como questionar", explicou a o treinador recentemente.

O questionamento vem por conta da falta de gols. Lo Celso atua pelos lados do campo e raramente finaliza. Na carreira são apenas 3 gols marcados, sendo todos pelo Rosário Central, clube que o revelou e o qual atuou em 64 partidas como profissional entre 2014 e 2016.

"Eu prefiro mais dar uma assistência que fazer um gol. É que os técnicos insistem que preciso entrar na área, fazer gols. Mas ainda acho que se você não foca em assistência, não sobrevive na minha posição", justificou o jogador.

A cobrança Lo Celso enfrentou na primeira convocação com a seleção argentina. Ela foi recente, nos amistosos contra Rússia e Nigeria, este mês. A chance de disputar a Copa do Mundo de 2018 apareceu justamente pela constante presença no PSG.

A ascensão de Giovani Lo Celso surpreende. Na temporada passada, o argentino tinha apenas 4 jogos no time. Sendo colocado apenas em minutos finais.

O cenário é exatamente o oposto vivido por Lucas Moura. O brasileiro, já avisado pelo treinador Unai Emery de que não fazia parte dos planos, preferiu a tentativa de volta por cima. Relacionado para o duelo contra o Troyes, ele vive a expectativa de ter alguns minutos de chance. Isso, após a entrada de Lo Celso em campo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos