Campeão da Libertadores aos 39, Léo Moura nega provocação ao Fla em festa

Do UOL, em São Paulo

  • LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

    Léo Moura chegou ao Grêmio com 38 anos

    Léo Moura chegou ao Grêmio com 38 anos

Ídolo do Flamengo, o lateral Léo Moura negou que a afirmação "nós cheiramos a título", dita ao lado do ex-flamenguista Paulo Victor, foi uma indireta ao clube rubro-negro. Em entrevista ao "SporTV" no dia seguinte à conquista da Copa Libertadores com o Grêmio, o veterano explicou a frase e afirmou estar na torcida pelo time carioca na Copa Sul-Americana, que será nesta quinta (30).

"Paulo Victor desde que eu cheguei no Flamengo, sempre conquistamos títulos juntos. Saí, ele saiu, e naquela hora fala que está cheirando a título porque é uma gíria que se usa no futebol. Foi apenas por isso", declarou o lateral

"Torço para o Flamengo, não nego isso a ninguém, e jamais alfinetaria o Flamengo. Uma pessoa usou de maldade. Esclarecer que quando a gente falou de cheirar título, onde eu passei eu conquistei título. Fui no Santa Cruz, conquistei título ano passado. Foi mais pela minha felicidade de estar conquistando minha primeira Libertadores", continuou.

Léo Moura também contou como foi parar no Grêmio. Com 38 anos, ele jogou pelo rebaixado Santa Cruz em 2016. Ao final da temporada, nas tradicionais peladas de fim de ano, encontrou Renato Gaúcho e ouviu do técnico gremista um pedido para jogar no tricolor gaúcho.

"Dedico esse título a eles. Fiz questão de agradecer ao Renato. Ele foi um dos caras que quando me trouxe bancou, me colocou para jogar, mostrou confiança em mim. Eu agradeci ele porque com 39 anos conquistar uma Libertadores não é para qualquer um", afirmou.

Reserva na decisão, o lateral direito mostrou companheirismo com Edilson, que foi o titular na vitória sobre o Lanús. Léo Moura admitiu que não voltou em seu melhor nível após sofrer uma lesão, deixando que o colega assumisse a titularidade na reta final da temporada. Agora, de título conquistado e vaga no Mundial de Clubes garantida, o defensor contou o que fará no resto do dia.

"Vou descansar um pouco agora para poder estar bem na noite e torcer pelo Flamengo para que o Flamengo passe e faça uma grande final contra o Independiente. Acredito muito que vai passar", concluiu.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos