Despedida de Ronaldinho depende de abatimento da dívida pelo Atlético-MG

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • AFP PHOTO / Douglas MAGNO

    Ainda não será agora. Jogo de despedida de R10 só acontecerá após quitação da dívida

    Ainda não será agora. Jogo de despedida de R10 só acontecerá após quitação da dívida

"Eu vou sentar para me programar, ver se vai ser um jogo de despedida por cada clube que passei. Vai vir algo bem bacana para encerrar bem bonito".

A declaração foi de Ronaldinho Gaúcho, em entrevista à Rede Globo, no começo de 2017. A vontade de jogar pelo menos mais uma vez com a camisa do Atlético-MG foi revelada pelo próprio jogador aos dirigentes do clube mineiro, em um confronto entre Galo e Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro de 2015, como contou o UOL Esporte. O meia chegou a dizer para os diretores alvinegros que o desejo era de encerrar a carreira com a camisa alvinegra.

No que depender da vontade do ídolo, a última partida pelo Atlético pode acontecer em 2018. Ronaldinho Gaúcho e seu estafe já programam uma série de amistosos para marcar o fim da vitoriosa carreira do meia. Entre os eventos, além de uma despedida mundial, em que o craque atuaria ao lado de outros grandes nomes como o argentino Lionel Messi, por exemplo, está em pauta o jogo de despedida pelo Galo.

Porém, a questão não é tão simples. Apesar do desejo de Ronaldinho, o estafe do ex-jogador quer receber parte do que o Atlético deve ao jogador. A passagem do meia pela Cidade do Galo durou pouco mais de dois anos, entre junho de 2012 e julho de 2014. O suficiente para o clube mineiro acumular uma dívida de R$ 12 milhões com o jogador.

Recentemente as duas partes se acertaram para que o valor fosse quitado, o que facilita a realização do jogo do adeus de Ronaldinho. No entanto, antes de fechar todos os detalhes, o estafe do ex-jogador aguarda que pelo menos metade do valor seja abatido. Tão logo que isso aconteça, deve começar uma nova negociação entre Assis, irmão e agente de Ronaldinho, e o Atlético.

A passagem de Ronaldinho pelo Atlético rendeu três títulos ao clube mineiro. A Copa Libertadores em 2013, o Campeonato Mineiro do mesmo ano e a Recopa Sul-Americana no ano seguinte. Foram 88 partidas com a camisa alvinegra, com 28 gols marcados.

Namoro antigo pela despedida

Em 8 de dezembro, sexta-feira, Ronaldinho Gaúcho vai estar em Belo Horizonte para jogar futebol. Na data que é feriado municipal na capital mineira, o craque vai receber diversos amigos para o "Game of Dreams", no Mineirão. Amigos de Ronaldinho x Amigos do Penta, também para marcar os 15 anos da conquista da Copa do Mundo de 2002. Entre os nomes garantidos, estão o holandês Edgar Davids, Rivaldo e Gilberto Silva.

A partida também servirá para comemorar os 120 anos de Belo Horizonte - comemorado no dia 12 de dezembro -, mas a ideia inicial é que o amistoso fosse a despedida do Atlético. No entanto, a negociação não avançou, muito pela dívida existente. Entre as propostas apresentadas, estava a utilização da renda como abatimento dos R$ 12 milhões, algo que foi descartado pelo staff do ex-jogador.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos