Lugano deve ser titular depois de cinco meses para se despedir do São Paulo

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • Érico Leonan/saopaulofc.net

    Lugano tem 212 partidas com a camisa do São Paulo

    Lugano tem 212 partidas com a camisa do São Paulo

Na última rodada do Campeonato Brasileiro, a torcida do São Paulo não se despedirá apenas do time na temporada. A tendência é que os tricolores possam dizer adeus a um dos grandes ídolos do clube, o zagueiro Diego Lugano. Nesta quinta-feira, o uruguaio treinou entre os titulares que devem enfrentar o Bahia no domingo, às 17h no Morumbi, naquele que será seu último jogo como são-paulino. 

A vaga entre os titulares foi cedida pelo equatoriano Robert Arboleda, que tem Lugano como ídolo e pediu para dar lugar a ele na partida. A escalação treinada por Dorival Júnior tem Sidão; Militão, Lugano, Rodrigo Caio e Edimar; Jucilei, Petros e Shaylon; Cueva, Marcos Guilherme e Brenner. Ou seja, é o mesmo time que encarou o Coritiba no domingo passado, apenas com a entrada da Lugano, que deve ser o capitão. Hernanes, Pratto e Lucas Fernandes seguem em tratamento no Reffis. Gilberto, Denilson e Marcinho, em fim de contrato, já foram liberados.

Serão mais dois treinos até o confronto com os baianos, mas a formação não deve ser alterada. Assim, Lugano iniciará uma partida pela primeira vez após cinco meses. A última foi em 2 de julho, quando o São Paulo perdeu por 2 a 0 para o Flamengo e Rogério Ceni acabou demitido. Com Dorival Júnior,  o uruguaio ainda não entrou em campo.

Lugano rejeitou qualquer festa de despedida e até se incomoda quando é perguntado sobre o assunto. Ainda assim, a diretoria planeja entregar uma placa e uma camisa especial para o ídolo. Além disso, os dirigentes esperam a resposta do zagueiro sobre a vaga oferecida no departamento de futebol. Lugano vai viajar para o Uruguai e conversar com a família antes de definir se segue na carreira de atleta ou se já busca essa nova função.

Ao todo, o camisa 5 soma 11 jogos nesta temporada. No ano passado, o primeiro desta segunda passagem pelo São Paulo, esteve em campo em 25 ocasiões. No geral, são 212 partidas pelo Tricolor, somando o período entre 2003 e 2006.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos