Botafogo só depende de si para fazer história. E isso tem sido um problema

Bernardo Gentile

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Vítor Silva/SSPress/Botafogo

    Botafogo tenta evitar vexame e se recuperar de péssimo momento no último jogo do ano

    Botafogo tenta evitar vexame e se recuperar de péssimo momento no último jogo do ano

O péssimo rendimento nesta reta final de Campeonato Brasileiro colocou a bela campanha do Botafogo em xeque. Se antes o time era um dos favoritos a conseguir vaga na próxima Libertadores, hoje o torcedor alvinegro trocou a confiança por dúvidas. Mesmo assim, o clube de General Severiano foi ajudado com o tricampeonato do Grêmio na Libertadores.

Agora, o Botafogo voltou a depender apenas de suas forças para se classificar para a competição internacional. A classificação seria um feito para o clube, que jamais disputou a Libertadores duas vezes seguidas. Uma simples vitória resolve a questão. E isso é um problema para o atual time do técnico Jair Ventura.

Nos últimos dez jogos, o Botafogo venceu apenas dois – com três empates e cinco derrotas. A fase, portanto, não é nada boa. E o time sentiu o momento desfavorável, tanto que se fechou na semana decisiva. Nenhum jogador concederá entrevista coletiva a poucos dias do último jogo da temporada.

A situação se complica ainda mais. Para a partida de domingo, o Botafogo terá importantes desfalques: Bruno Silva, João Paulo, Gilson e Rodrigo Pimpão. O quarteto recebeu terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão automática. Victor Luis, Matheus Fernandes, Brenner e Marcos Vinicius devem ser os escolhidos por Jair Ventura.

Por outro lado, o Botafogo se apoia no histórico positivo do seu treinador. Após assumir o time em 2016, Jair Ventura livrou o Alvinegro do rebaixamento e colocou o time na Libertadores após arrancada histórica. A diretoria segue confiante que jogadores e comandante darão resposta positiva nesta reta final.

Vencer o Cruzeiro, no Nilton Santos, representa muito para o Botafogo. Em um ambiente onde o resultado é fundamental, fazer temporada louvável, mas ficar sem títulos e sequer uma vaga na próxima Libertadores tornará o ambiente em 2018 nada agradável.
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos