"Desgastado", preparador físico Carlinhos Neves comunica saída do Atlético

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Atlético-MG

    Carlinhos (à esquerda) alegou necessidade de descansar e vai deixar o Galo em 2018

    Carlinhos (à esquerda) alegou necessidade de descansar e vai deixar o Galo em 2018

O vai e vem no Atlético-MG continua para a temporada de 2018. Acertado com Arouca, o time mineiro já tem outra mudança para a próxima temporada, desta vez fora das quatro linhas. O preparador físico Carlinhos Neves comunicou que não fará mais parte da comissão técnica alvinegra. O anúncio foi feito nesta manhã de sexta-feira, segundo ele, para descansar e dedicar mais tempo à família.

"Algumas decisões são difíceis de serem tomadas, ainda mais em um clube como o Atlético. Tenho muito orgulho de ter feito parte dessa estrutura. Essa decisão se deve ao fato de eu estar há quase 17 anos que não moro na minha cidade, não vivo com minha família. Juntando o São Paulo e o Atlético junto com a Seleção Brasileira por dois anos e meio, há uma vontade de estar próximo. Não é um adeus definitivo, nem estou abandonando minha carreira. Mas é hora de reoxigenar as energias", comentou.

Carlinhos Neves já estava pensando há mais tempo sobre a possibilidade de fazer uma pausa na carreira. A decisão foi tomada depois da partida contra o Santos, no início de novembro. Quando tomou conhecimento, a diretoria do Galo ainda tentou segurar o preparador, mas não conseguiu convencê-lo de ficar. De acordo com Carlinhos, o principal motivo que o levou a comunicar sua saída foi a necessidade de descansar e dedicar mais tempo à família em Curitiba, sua cidade natal. O preparador ainda negou que o ano conturbado do Atlético tenha pesado na decisão.

"Não tem nada a ver com a temporada. É a história do copo meio cheio, meio vazio. Não podemos deixar de ver o que fizemos, os jogadores que despontaram. Um clube não vive só de conquistar esportivas, mas de melhorar sua estrutura e potencializar a equipe. Mas é uma questão muito pessoal mesmo, de voltar para casa, até para me ver um pouquinho de fora do futebol. Claro que vou viajar, procurar novos conhecimentos, mas terei um tempo para mim, com o acúmulo dos anos, estou desgastado fisicamente e mentalmente. Tem momentos que você tem que parar, refletir e dar um tempo para você mesmo", completou.

Essa foi a terceira passagem de Carlinhos Neves pelo Atlético, que também fez história no São Paulo. Pelo Galo, o preparador chegou em 2001, com Levir Culpi. Em 2011, voltou ao clube e foi peça importante no elenco de Cuca, campeão da Copa Libertadores de 2013. No ano seguinte, ele deixou o Atlético para trabalhar com Cuca na China, retornando a Minas Gerais em 2016 como supervisor de preparação física. Neste ano, Carlinhos voltou a ocupar o cargo de preparador físico fixo no clube.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos