Mourinho diz não se surpreender por Guardiola não ter sido expulso em jogo

Do UOL, em São Paulo

  • Action Images via Reuters/Jason Cairnduff

O técnico Jose Mourinho disse que não ficou surpreso pelo fato de Pep Guardiola não ter sido na expulso na última quarta-feira ao invadir o campo para comemorar o gol da vitória do Manchester City por 2 a 1 contra o Southampton.

Pelo mesmo motivo, Mourinho foi mandado mais cedo para o vestiário ao pisar em campo para vibrar com um gol do Manchester United em setembro, também contra o Southampton. O técnico português não recebeu punições extras, o que pode ser interpretado como uma admissão da comissão de arbitragens viu exagero na ação.      

"Surpreso? Não, não está surpreso ", disse, sem responder outra pergunta feita sobre o assunto, se ele sentia que havia tratamento diferente dos árbitros em lances envolvendo ele e Guardiola. "Você está me fazendo uma pergunta. Se estou surpreso, digo que não estou surpreso. A segunda pergunta não é nada. É outra coisa".

Mais uma vez questionado, Mourinho deu risada. "Suas perguntas têm espírito de equipe e táticas. Não posso responder à segunda pergunta. Você sabe, se você é meu amigo, não me faça a pergunta, porque você sabe que posso ter problemas", disse.

Vice-líder do Campeonato Inglês com oito pontos de desvantagem para o Manchester City, o United enfrenta o Arsenal neste sábado, ás 15h30 (de Brasília). Já o time de Guardiola encara no domingo, às 14h (de Brasília), o West Ham.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos