Santos negocia com Zé Ricardo após indecisão de Abel e exigências de Jair

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Daniel Vorley/AGIF

    Zé Ricardo já conversa com o Santos e pode ser o técnico do time em 2018

    Zé Ricardo já conversa com o Santos e pode ser o técnico do time em 2018

Apesar do processo eleitoral que ocorre no próximo dia 9, o presidente Modesto Roma trabalha para definir elenco para 2018. Além de mirar as contratações de Robinho e Gabigol, o mandatário santista tenta pelo menos apalavrar a contratação de um novo treinador. O UOL Esporte apurou que Zé Ricardo, do Vasco, passou a ser o primeiro nome da lista, e já conversa com o clube paulista.

O nome de Zé Ricardo ganhou força após o clube paulista ver empecilhos em negociações com Abel Braga, do Fluminense, e Jair Ventura, do Botafogo.

Abel está indeciso em relação a deixar o Rio de Janeiro e trabalhar em São Paulo. Há dirigentes na Vila Belmiro que tentam convencer Modesto Roma de que o clube poderia repetir o mesmo erro da contratação de Levir Culpi no primeiro semestre deste ano. Eles acreditam que o ex-treinador do time não estava totalmente focado no futebol.

Em relação a Jair Ventura, a diretoria santista alega que o técnico do Botafogo fez muitas exigências para se transferir para o alvinegro praiano. Desta forma, Zé Ricardo ganhou força no "ranking" de Modesto Roma.

O treinador se encaixa no estilo moderno em montar seus times que os dirigentes santistas procuram no mercado. Além disso, em comparação a Abel Braga, o Santos pagará metade do valor de salário a Zé Ricardo. Os números iniciais discutidos, inclusive, já agradaram ambos os lados na negociação.

Apesar de Modesto se empolgar com Zé Ricardo, uma ala no Santos ainda defende a contratação de um técnico mais experiente, como Abel Braga e até Vanderlei Luxemburgo. Eles acreditam que os "medalhões" colocariam "ordem na casa".

Alguns dirigentes ligados ao departamento de futebol consideram que os jogadores passaram dos limites quando o assunto é respeitar a hierarquia do clube. Casos como a demissão do gerente de futebol Sérgio Dimas e do técnico Levir Culpi, além da cobrança de uma melhor logística na Copa Libertadores, incomodaram os dirigentes santistas.

Este mesmo grupo alega que, se for para o clube contratar Zé Ricardo, é preferível manter Elano no comando. Já a cúpula que defende a contratação do técnico do Vasco contesta lembrando que o treinador possui mais experiência, pois já classificou o Flamengo para a Libertadores neste ano e está próximo de levar o Vasco para a próxima edição da competição continental.

Zé Ricardo tem contrato com o Vasco até o fim 2018.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos