Acordo por renovação trava, e Palmeiras tem sondagens para lugar da Adidas

Danilo Lavieri e Napoleão de Almeida

Do UOL, em São Paulo

  • Palmeiras, camisa II para 2017/18, da Adidas

    Palmeiras, camisa II para 2017/18, da Adidas

O Palmeiras quer definir em breve quem será o seu fornecedor de material esportivo em 2019. O clube conversa com a Adidas para saber se o vínculo que vai até dezembro de 2018 será renovado ou se será necessário negociar com uma nova marca.

O clube mantém conversas com a empresa alemã e sabe que o braço brasileiro da empresa depende de uma autorização da cúpula global da Adidas. A parceria existe desde 2006 e vale cerca de R$ 20 milhões por temporada.

Além disso, o Palmeiras analisa que a dúvida não pode durar por muito tempo, pois o planejamento desse tipo de propriedade requer um longo tempo de preparação. Em média três uniformes são lançados por temporada.

Já há, tanto na empresa quanto no clube, quem considere uma renovação como muito difícil. O jornalista Lauro Jardim, por exemplo, publicou em seu blog que a Adidas já avisou o Palmeiras que a renovação não acontecerá. Nenhum dos dois lados disse que se pronunciará sobre o ocorrido de maneira oficial.

O fim do contrato cada vez mais próximo faz outras empresas se movimentarem para um possível acordo. O departamento de marketing alviverde já recebeu duas sondagens, mas mantém o sigilo sobre o nome dos interessados.

No mercado do marketing esportivo, o nome que surge como o grande concorrente da Adidas no momento é o da Puma. Vale lembrar que a empresa que patrocina o Palmeiras também deve deixar o Sport.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos