Atlético vai conhecer novo presidente antes de saber se joga a Libertadores

Victor Martins

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro

    Oswaldo de Oliveira aguarda eleição no Atlético-MG para ter permanência confirmada

    Oswaldo de Oliveira aguarda eleição no Atlético-MG para ter permanência confirmada

O Campeonato Brasileiro terminou, mas a temporada 2017 ainda não acabou para o Atlético-MG. Embora o time alvinegro ainda não tenha mais jogos para disputar, antes de pensar em 2018 o clube mineiro aguarda por algumas definições, como a escolha do próximo presidente. Atual mandatário, Daniel Nepomuceno não vai concorrer. O candidato da situação é o advogado Sérgio Sette Câmara, o favorito para levar o pleito diante de Fabiano Lopes Ferreira.

Inclusive, essa definição sobre quem vai ser o presidente do Atlético no triênio 2018-2020 tem atrasado o planejamento do futebol alvinegro para a próxima temporada. Embora esteja acertado para ser o novo diretor de futebol, Alexandre Gallo, aguarda pela eleição de Sette Câmara, para assumir oficialmente o cargo. O mesmo vale para o técnico Oswaldo de Oliveira, que tem contrato até o fim do ano que vem, mas a permanência será confirmada apenas após a eleição, marcada para o dia 11 de dezembro.

Curiosamente, o Atlético vai conhecer seu presidente antes mesmo de saber se vai jogar a Copa Libertadores de 2018. Como terminou o Brasileiro na 9ª colocação, o time mineiro depende da decisão da Copa Sul-Americana, entre Flamengo e Independiente, para saber qual competição internacional que disputará na próxima temporada.

Em caso de título da equipe brasileira, o Galo vai jogar a Libertadores pela sexta temporada consecutiva. Caso o clube argentino leve a melhor, o Atlético vai ficar fora da principal competição de clubes da América do Sul em 2018, disputando assim a Copa Sul-Americana, torneio que não participa desde 2011.

"Realmente é uma situação que a gente não pode antecipar. Minha expectativa é muito otimista, estou aguardando com bastante ansiedade. Estou me preparando muito para dar continuidade ao trabalho no ano que vem. Espero que as coisas aconteçam como todos esperam, para eu ficar aqui e quem sabe disputar uma Libertadores com o Galo".

Indefinições que vão atrasar em pelo menos dez dias o planejamento atleticano para 2018. A participação na Copa Libertadores, por exemplo, vai ser determinante para que a comissão técnica determine como será feita a pré-temporada. Em caso de classificação, o Galo sabe que joga pela segunda fase do torneio continental do dia 31 de janeiro.

Porém, até lá, o clube tem outros seis compromissos. São dois pela Florida Cup, nos dias 11 e 14 do próximo mês, além de quatro rodadas do Campeonato Mineiro. A estreia na competição estadual está marcada para o dia 17 de janeiro, contra o Boa Esporte, em Varginha. A participação ou não do Galo na Libertadores vai determinar se esses jogos vão ser disputados com o time titular com a equipe sub-23.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos